Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

POLICIA CIVIL COLETE TRÁS

A Polícia Civil, através da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Joinville cumpriu mandado de prisão preventiva, na manhã desta terça-feira (30), e prendeu um homem suspeito de descumprir medida protetiva.

Só neste mês de junho, o autor procurou a vítima em quatro situações diferentes fazendo ameaças (art. 147 do CP) e, em descumprimento da medida protetiva (art. 24-A da lei 11.340). A vítima chegou a procurar a DPCAMI, mas foi verificado no sistema que o suspeito já estava descumprindo a medida protetiva expedida pela Justiça de Braço do Norte. O homem teve a prisão preventiva decretada e foi preso na manhã desta terça-feira. Ele está no Presídio de Joinville.

WhatsApp Image 2019 10 18 at 17.07.05

O Tribunal do Júri condenou a 50 anos de prisão um casal acusado de torturar e tentar matar a filha de apenas dois meses. O crime aconteceu entre os meses de maio e julho de 2018, em Capivari de Baixo, no Sul do Estado, e foi investigado pela Polícia Civil. O Conselho de Sentença, representado por sete jurados, reconheceu parcialmente a culpabilidade do casal, e o juiz-presidente da sessão sentenciou o casal a penas privativas de liberdade que juntas somam os 50 anos de prisão.

A motivação do crime, conforme apurado nas investigações, envolvia desconfiança e suspeita de traição por parte do pai da criança, que não aceitava o fato de ela apresentar cor da pele mais clara que a do casal, motivo pelo qual castigava severa e constantemente a criança com socos, pontapés e cotoveladas.

A criança deu entrada em um hospital da cidade de Tubarão quatro vezes, em curto espaço de tempo. Ela apresentava sinais de convulsão, sangramento na boca, afundamento craniano e lesões nos braços, pernas e costas, despertando nos médicos suspeitas de que as lesões eram decorrentes de agressões domésticas dolosas.

O Conselho Tutelar foi acionado e levou a denúncia à Polícia Civil de Capivari de Baixo, que agiu rápido. O pai da criança foi preso por crime de tentativa de homicídio. Desde então, o homem se encontrava preso preventivamente. No decorrer do processo, a mãe da criança também foi acusada pelos crimes de tortura-castigo e homicídio qualificado na forma tentada, porque deixou a filha sofrer tais crimes, sem informar a autoridade para protegê-la. O casal está no Presídio de Tubarão à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 06 30 at 14.58.57

Em reunião com o Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP), a Polícia Civil reforçou nesta terça-feira (30) o compromisso de atuação no combate à pirataria em Santa Catarina. O encontro entre integrantes do CECOP e autoridades do Estado foi por meio de videoconferência.

“Não podemos admitir que crimes dessa natureza continuem sendo perpetrados em desfavor de empresas e comerciantes que agem na lisura”, destacou o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, garantindo ações conjuntas de todas as forças de segurança pública.

A operação realizada no dia 15 de junho em Gaspar, quando a Polícia Civil apreendeu 30 mil peças de roupas falsificadas, foi citada pelo Delegado Geral aos participantes, assim como mensagens de reconhecimento ao trabalho dos policiais enviadas recentemente por empresas. A reunião foi presidida pelo presidente do CECOP, Jair Antonio Schmitt. Pela Polícia Civil também participou o diretor da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Luis Felipe Fuentes.

52f6c0ed 6d2a 4e84 bca2 2951f36acd93

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Joinville, apreendeu uma ave da fauna silvestre ameaçada de extinção. Foi na terça-feira (30), no Bairro Fátima, em Joinville.

A ave apreendida é um papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea) presente na Lista Nacional de Espécies Ameaçadas de Extinção (Portaria MMA nº 444/2014). No local também foi apreendida outra ave silvestre que era mantida em cativeiro sem as devidas autorizações dos órgãos ambientais competentes.

Os animais silvestres apreendidos serão encaminhados ao Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que irá realizar a regular triagem das aves por profissionais habilitados, bem como proceder com a lavratura das multas cabíveis ao caso. Em razão de se tratar de crime de menor potencial ofensivo, foi instaurado o respectivo Termo Circunstanciado para a devida apuração dos fatos.

decd7eb5 806f 4827 9f98 0c437df29d9d

WhatsApp Image 2020 06 30 at 10.50.58 1

A Polícia Civil recuperou R$ 64 mil roubados de uma casa de câmbio em Itapema. Uma mulher foi presa em flagrante.

No dia 16/06/2020, uma casa de câmbio foi assaltada em Itapema. O Setor de Investigação Criminal (SIC) da Delegacia de Polícia fez diligências no sentido de elucidar a autoria e efetuar o rastreamento do valor roubado.

De acordo com o delegado Diogo Medeiros, após realizar investigação, na segunda-feira (29), os policiais civis, com apoio da Polícia Militar, foram até uma casa localizada em Balneário Camboriú e encontraram maconha, ecstasy e R$ 64 mil em notas de R$ 100 e R$ 50. O valor foi restituído à vítima. O apoio da Policia Militar de Balneário Camboriú foi fundamental para localizar os objetos roubados.