Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

2ed04ec3 c560 4924 be99 4e01bcdfdae3

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Timbé do Sul, no Sul do Estado, deflagrou na manhã desta sexta-feira (05) uma operação para desarticular uma associação criminosa voltada para o tráfico de drogas no município.

Participaram 16 policiais civis das Delegacias de Polícia de Turvo, Ermo, Jacinto Machado, Timbé do Sul, Sombrio e o Núcleo de Operações com Cães da Polícia Civil de Lages. Os policiais cumpriram 05 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária em Timbé do Sul e em Turvo.

Conforme a investigação, um suspeito de 48 anos, residente em Timbé do Sul, estaria fornecendo entorpecentes para outro criminoso revender, um homem de 43 anos, também residente no município.

Diante das informações, o Delegado de Polícia Lucas Fernandes da Rosa representou ao Juízo da Comarca de Turvo pela expedição de 05 mandados de busca e apreensão e 02 mandados de prisão temporária, que foram deferidos pelo juízo.

Por volta das 6h desta sexta-feira, os policiais se deslocaram até as residências dos suspeitos e cumpriram as buscas e os mandados de prisão. Houve a apreensão de porções de maconha e cocaína.

Os investigados foram interrogados e confessaram a prática do crime. Eles poderão responder pelos delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os presos foram encaminhados para a carceragem da Delegacia de Polícia de Turvo. Depois, serão levados ao Presídio Regional de Araranguá.

b0fc42da 3bf7 4b58 ab86 557b20674ea6

 WhatsApp Image 2021 10 29 at 18.02.55

A Polícia Civil deflagrou na tarde desta sexta feira (29) uma operação para cumprir dois mandados de prisão preventiva contra dois homens de 27 anos e 33 anos. A ação é da Delegacia de Polícia de Jacinto Machado e Turvo, Sul do Estado.

Nos meses de julho e setembro deste ano, duas indústrias sediadas no município de Jacinto Machado foram alvo do grupo criminoso que subtraiu cerca de 300 metros de fios de cobre, gerando um prejuízo de R$ 30.000,00.

Nas investigações os policiais civis identificaram três pessoas que participaram da ação criminosa. Houve representação pelo Delegado Lucas Fernandes da Rosa ao juízo da comarca por mandados de busca e apreensão e prisão preventiva dos suspeitos.

Na tarde desta sexta-feira, policiais civis foram a Araranguá e prenderam dois suspeitos, um no bairro Jardim das Avenidas e outro em uma construção nas margens da rodovia municipal Valmiro Manoel Gonçalves, no sentido Morro dos Conventos. Os presos serão encaminhados ao Presídio local e ficarão à disposição da Justiça.

banner1

Nesta semana, a Polícia Civil indiciou três pessoas por envolvimento em um homicídio praticado em Maracajá, no Sul do Estado, em 2020. Durante as investigações, a arma do crime foi apreendida e dois dos suspeitos se encontram presos. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá.

O inquérito policial, concluído nesta semana, apurou as circunstâncias da morte de um homem de 29 anos, ocorrida na noite de 16 de junho de 2020. A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo dentro de uma residência, em Maracajá.

A DIC passou a investigar o caso e concluiu que a morte não era direcionada à vítima, mas a um homem que morava naquela residência e havia saído minutos antes do homicídio. Em uma operação da DIC com a Polícia Militar foi apreendido um revólver com dois dos indiciados neste homicídio. A comparação balística comprovou que a arma apreendida na operação foi a utilizada no crime.

Ao final das investigações os donos dessa arma e um terceiro homem que deu ordem à execução foram indiciados por homicídio qualificado.

5fb14f41 7e66 4be9 b48d 1b86e1103c8f

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Araranguá, com o apoio da Polícia Militar, esclareceu as circunstâncias de dois roubos ocorridos em Araranguá no início de outubro.

Foram identificadas três pessoas envolvidas nos crimes. A arma utilizada pelos autores foi apreendida no dia 11 de outubro na casa de um quarto suspeito e sendo constatado que se tratava de uma pistola de airsolft.

O primeiro roubo, ocorrido no dia 04 deste mês, em uma farmácia, foi cometido por um adolescente usando uma arma. O segundo crime, em um mercado, foi cometido por três suspeitos, utilizando a mesma arma.

A investigação conseguiu identificar os autores, sendo um deles adolescente, que teria cometido o roubo da farmácia. Esse mesmo adolescente, com dois adultos, também teria participado do roubo ocorrido no dia 08 deste mês, em um mercado.

Os procedimentos de investigação estão sendo concluídos na DIC/PCSC de Araranguá e apontam os crimes dos adultos como roubo majorado e corrupção de menores. O adolescente vai responder por dois roubos.

banner3

Suspeito de envolvimento com tráfico de drogas, organização criminosa e homicídios na região Sul de Santa Catarina, um homem de 29 anos foi preso esta semana no Rio Grande do Sul. Ele tinha três mandados de prisão em aberto pela Justiça de SC.

A prisão ocorreu na quarta-feira (06), em Três Cachoeiras (Rio Grande do Sul), em ação conjunta da Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Araranguá, a Polícia Militar e a Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

Contra o suspeito existiam três mandados de prisão preventiva por crimes cometidos na região de Araranguá e Tubarão. Ele estava foragido desde o início do ano de 2020. Após investigação, foi localizada a casa alugada pelo investigado em Três Cachoeiras (RS). Natural de Araranguá, o homem foi identificado inicialmente em uma investigação que apurou um crime de homicídio, praticado em Balneário Arroio do Silva, em janeiro de 2020. Na época, o suspeito não foi localizado, sendo decretada sua prisão preventiva.

Durante o período em que esteve foragido, também foi investigado por envolvimento com tráfico de drogas e organização criminosa, sendo decretadas outras duas prisões preventivas pelas Comarcas de Tubarão e Jaguaruna.