Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2021 05 19 at 11.15.33

A Delegacia da Polícia Civil de Tijucas, no Vale do Rio Tijucas, recebeu uma nova viatura na manhã desta quarta-feira (19) entregue pela Delegacia Geral. O veículo Hyundai Creta caracterizado reforçará a estrutura da unidade policial e era reivindicação local.

O Delegado Geral Paulo Koerich destacou a importância da viatura para melhorar as condições de trabalho dos policiais civis e a prestação dos serviços à população.

Segundo o Delegado de Polícia titular da Comarca, Aderlan Angelo Camargo, o novo veículo suprirá a necessidade da Delegacia de Polícia e dará nova produtividade aos trabalhos prestados pela Polícia Civil em Tijucas e região.

Participaram ainda o Diretor de Polícia do Litoral, Luiz Ângelo Moreira, o Delegado Regional de Polícia de Balneário Camboriú, Giancarlo Rossini, o Delegado de Polícia Paulo Freyesleben, o deputado estadual Maurício Eskudlark, o vereador Cláudio Eduardo de Souza e policiais civis locais.

Armamento

Ainda nesta quarta-feira, a Delegacia Geral da Polícia Civil concretizou a entrega de duas armas, que são espingardas calibre 12, para a DP de Tijucas e a Delegacia de Polícia de Canelinha.

viaturatijucas

viaturatijucas1

WhatsApp Image 2021 05 19 at 12.02.27

 WhatsApp Image 2021 05 10 at 20.00.44

A Polícia Civil encerrou o inquérito policial que apurou crimes contra um homem morto a tiros dentro de um hospital em Balneário Camboriú.

No dia 22/02/2020 (sábado de Carnaval), em frente a uma conveniência na Avenida dos Estados, bairro das Nações, em Balneário Camboriú, ele foi alvejado com 13 disparos de pistola calibre 9mm.

Os tiros foram efetuados por dois executores, os quais fugiram em um veículo com a ajuda de um terceiro homem. Em seguida, os autores foram para a Praça Almirante Tamandaré festejar o Carnaval. A vítima é suspeita de integrar organização criminosa.

Levando em consideração que a vítima não faleceu no primeiro atentado, ela foi encaminhado para o hospital Ruth Cardoso. Depois, em 02/03/2020, dentro da UTI do hospital, o homem foi alvo novamente de disparos de arma de fogo provenientes de uma pistola calibre .40 efetuados por outros dois infratores e morreu.

Ao longo da investigação vários elementos foram colhidos, possibilitando a identificação dos autores da tentativa de homicídio e do homicídio. Em relação à tentativa de homicídio, foram indiciadas e presas duas pessoas como executoras. Contra uma terceira pessoa foi atribuída a qualidade de mandante do crime. No que se refere à tentativa, há ainda uma única autoria ainda desconhecida e as investigações continuarão.

Sobre o homicídio, foram indiciados e presos dois homens como os executores do crime. Outro homem foi indiciado e preso por dar a ordem do crime - é o mesmo que já havia ordenado a tentativa de homicídio. Ele responderá pela tentativa e pela consumação da morte.

Assim, dos sete envolvidos, cinco foram identificados, indiciados e presos, um se encontra com identificação desconhecida e um foi morto em confronto com a Polícia Militar em maio de 2020. Este último teria sido o responsável por emprestar uma das pistolas utilizadas na tentativa de homicídio.

WhatsApp Image 2021 05 10 at 20.00.46

WhatsApp Image 2021 05 06 at 18.17.56

A Polícia Civil concluiu um inquérito policial que apura um homicídio qualificado pela emboscada e por motivo fútil que vitimou um homem no dia 24/03/2021, no Bairro Perequê, em Porto Belo.

Foi apurado que a vítima já tinha sido ameaçada de morte pelo suspeito. Foram ouvidas testemunhas, efetuadas diligências e apurado que o suspeito, após o crime, havia se evadido de Porto Belo com a família.

Com base nas provas angariadas, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do investigado, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário e cumprida pelos agentes do Setor de Investigação e Capturas da DPCo de Porto Belo. Foi apreendido em sua posse um revólver calibre .38 municiado e com a numeração suprimida.

A arma foi encaminhada para a perícia com os projéteis retirados do corpo da vítima, tendo resultado positivo, concluindo que a arma apreendida com o preso foi a arma utilizada para matar a vítima. Diante disto, o suspeito de 37 anos foi indiciado por homicídio doloso duplamente qualificado. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário e cumprida.

 posto

Uma ação conjunta da Polícia Civil e do Procon estadual interditou nesta segunda-feira (03) um posto de combustíveis às margens da BR-101. Foi por meio das Delegacias de Polícia da Comarca de Tijucas e Porto Belo, no litoral Norte de SC.

De acordo com o processo administrativo instaurado pelo órgão de defesa do consumidor, as bombas forneciam menos combustível ao consumidor do que efetivamente registravam em seus marcadores.

Além do processo administrativo junto ao Procon, um inquérito policial foi instaurado para apurar responsabilização criminal dos envolvidos.

alogoasa

Nesta sexta-feira (23), a Polícia Civil de SC prendeu um homem suspeito de integrar um grupo criminoso que aplicava golpes contra instituições bancárias, em Porto Belo. A prisão foi em decorrência de operação deflagrada pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), da Polícia Civil de Alagoas.

Quatro integrantes do grupo criminoso foram presos, sendo dois em Maceió, um na cidade alagoana de Penedo e outro no Estado de Santa Catarina.

Além da participação da DEIC de Alagoas, a operação teve o apoio do serviço de inteligência da Polícia Civil de Santa Catarina, da Delegacia de Polícia da comarca de Bombinhas (SC) e da 7ª Delegacia Regional de Penedo (AL).

De acordo com o delegado Gustavo Xavier, diretor da DEIC de Alagoas, o caso foi denunciado por um dos bancos lesados. Segundo ele, havia uma falha no sistema do banco desconhecido de seus gestores, mas de conhecimento do grupo criminoso. Os investigados descobriram que o prazo de bloqueio de cheques depositados em contas da instituição bancária, caso haja feriado municipal na cidade do banco sacado, é menor um dia do que a resposta do banco sacado. Com isso, eles sacavam todo o valor no mesmo dia.

As três contas, segundo técnicos do banco, estavam sendo monitoradas constantemente por equipamento de IP, localizado no estado de Santa Catarina.

golpe feriado.thumbnail

Foto: Polícia Civil de Alagoas.