WhatsApp Image 2022 04 22 at 17.01.43

Nesta sexta-feira (22), a Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau, prendeu preventivamente um homem por tráfico de drogas, o qual estava foragido há mais de quatro anos. Além disso, no imóvel que era do preso mas que estava sendo ocupado por outro homem, este foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, já que mantinha um laboratório e estufa de cultivo de “maconha”. Os fatos ocorreram na Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis.

Desde fevereiro, a Polícia Civil realizava o monitoramento contra o alvo da diligência, que estava foragido na cidade de Foz do Iguaçu (PR). Em buscas nesta cidade, o alvo conseguiu fugir, deixando em sua residência uma arma de fogo municiada, drogas e balança, além de documentos falsos emitidos pelo Estado do Rio Grande do Sul. Tais fatos foram noticiados à Delegacia de Polícia daquele Estado.

Persistindo o monitoramento, os policiais civis da DIC/PCSC de Blumenau identificaram que o alvo estaria nesta sexta-feira na Guarda do Embaú. Em diligência pela região, o alvo foi abordado em um veículo na companhia de outro homem. No momento da prisão, ele apresentou um documento de identidade falso emitido pelo Estado do Pará.

Em continuidade, já que o endereço do alvo era conhecido, este afirmou que o imóvel estava alugado para uma pessoa idosa, que lhe pagava aluguel no valor de R$ 1.500,00. No imóvel, que fica numa área de pouca fiscalização, já que a energia e água são consumidas sem contrapartida, os policiais civis identificaram um odor forte de “maconha” vindo do interior da residência. Após chamar pelo morador, um homem abriu a porta, que não era o referido idoso, e logo foi descoberta a estufa de maconha. Diante da situação flagrancial, os presos e o material ilícito foram apresentados na Delegacia de Polícia da Comarca de Palhoça. A ação contou com o apoio da DIC/PCSC de Palhoça.