Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2021 12 21 at 19.37.21

Nos dias 20 e 21 de dezembro, a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau, deflagrou uma operação para cumprir 16 ordens judiciais contra pessoas suspeitas pela prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro em Santa Catarina, nos municípios de Indaial, Itapema, Joinville e São Francisco do Sul, e no Paraná, nos municípios de Pato Branco e Francisco Beltrão.

No total, três pessoas foram presas, sendo que o principal suspeito por traficar as drogas foi localizado na cidade de Francisco Beltrão na segunda-feira (20). Além disso, uma mulher e mais um homem suspeitos por auxiliar no crime de tráfico também foram presos.

A investigação começou no ano passando, quando três pessoas foram presas com 130kg de maconha na cidade de Indaial. Após diligências realizadas pela Polícia Civil, foram decretadas medidas de prisão, busca e apreensão e de sequestro de bens.

No decorrer das diligências, apurou-se que a droga tinha sido fornecida pelo homem que foi preso na segunda-feira (20). O patrimônio estimado dele, entre lojas, veículos de luxo, bens, propriedades, supera 5 milhões de reais.

A mulher, que foi presa na cidade de Indaial, teve sua participação comprovada porque auxiliava o seu companheiro, que foi um dos presos em posse dos 130 quilos de maconha, na compra e venda do entorpecente, bem como na contabilidade do tráfico de drogas.

O outro preso foi localizado em São Francisco do Sul. Além disso, nas cidades de Francisco Beltrão e Pato Branco, duas lojas também foram objeto de busca e apreensão.

A mulher foi encaminhada ao Presídio Regional de Blumenau e o preso em Joinville foi para o estabelecimento prisional da respectiva cidade. Já o preso em Francisco Beltrão foi encaminhado para um presídio no Paraná. A Polícia Civil tem agora um prazo de 30 dias para concluir as investigações, podendo este prazo ser prorrogado pelo juiz.

WhatsApp Image 2021 12 21 at 19.50.11

 WhatsApp Image 2021 12 15 at 21.17.52

Está preso um suspeito de latrocínio praticado contra um homem, no bairro Itoupavazinha, em Blumenau. A prisão foi feita pela Polícia Civil, por meio de policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau, na quarta-feira (15).

No dia 02/12/2021, a vítima foi encontrada morta em sua residência. A Polícia Civil iniciou os trabalhos para apurar as circunstâncias do fato e a respectiva autoria. O Instituto Geral de Perícias (IGP/SC) foi acionado e coletou vestígios deixados.

Preliminarmente, verificou-se que a vítima tinha sido morta no dia 01/12/2021, e nesse dia teria recebido pessoas em sua casa. Em busca da autoria, a Polícia Civil identificou que a vítima voltou do trabalho no dia 01/12/2012 às 19:21. Às 21:24, três homens sobem a ladeira de acesso à casa da vítima. Às 23:09, os três homens descem correndo a ladeira.

Posteriormente, constatou-se que duas camisas deixadas na casa da vítima pertenciam a dois dos autores, já que roupas, tênis, relógios e dinheiro foram subtraídos. Os três autores saíram da casa vestindo as roupas roubadas da vítima. Demonstrada a autoria e a materialidade delitiva, representou-se pela prisão preventiva e busca e apreensão.

Um dos três autores foi preso em casa, no bairro Itoupavazinha. Na oportunidade, o telefone celular, roupas e tênis da vítima foram recuperados. Na Delegacia de Polícia, o preso confessou detalhadamente o plano criminoso, corroborando a linha de investigação que apontou que os três autores mataram a vítima para roubá-la.

Os dois outros autores, logo após o crime, retornaram para o Ceará, já que são natural daquele Estado, e estão foragidos. A prisão foi comunicada ao poder Judiciário e o preso encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. A Polícia Civil tem um prazo de 10 dias para concluir o inquérito policial.

WhatsApp Image 2021 12 15 at 01.13.23

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) prenderam em flagrante dois homens suspeitos de tráfico de drogas, em Blumenau. Um deles ainda foi autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, no bairro Badenfurt. A ação ocorreu na terça-feira (14).

As investigações partiram de denúncias da participação dos investigados no comércio ilegal de drogas. Após diligências, os policiais civis localizaram um dos suspeitos no estacionamento de um posto de saúde, o qual estava de posse de R$ 2.011,00.

No momento da abordagem, o outro suspeito chegou para realizar a negociação da droga. Com ele havia uma quantidade significativa de “crack”. Na casa de um deles, os policiais ainda apreenderam maconha, crack e cocaína, além de apetrechos utilizados para o tráfico de drogas, caderno de anotações e uma arma de fogo municiada.

Um dos presos assumiu a propriedade do material ilícito apreendido em sua residência. A prisão foi comunicada ao poder judiciário e ao Ministério Público. Diante da situação flagrancial, houve a lavratura do auto de prisão em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

brasao

Após mais de 10 meses de investigações, a Polícia Civil esclareceu a autoria de uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 28/01/2021, na rua Angelina Motter, bairro Sete de Setembro, em Gaspar.

No dia dos fatos, dois homens armados correram atrás de um homem de 19 anos, natural do Estado de São Paulo, que estava dirigindo seu veículo pela via e efetuaram vários disparos de arma de fogo por supostamente ser integrante de organização criminosa daquele Estado.

Os disparos atingiram veículos que estavam estacionados na via. A vítima conseguiu fugir do local sem ser atingida. Com as investigações, foi possível apontar que os dois atiradores (um adolescente 16 anos e um homem de 26 anos) estavam a mando de integrantes de uma organização criminosa atuante no Estado de Santa Catarina, cuja "missão" era matar o homem pertencente à organização criminosa rival.

Além dos atiradores, foram identificados outros três homens que teriam auxiliado e ordenado a execução do crime. Foi representada pela prisão preventiva dos quatro homens pela prática de tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil e pela emboscada.

As medidas foram deferidas pela Justiça e cumpridas na sexta-feira (10) junto ao Presídio Regional de Blumenau e à Penitenciária Industrial de Blumenau, uma vez que os investigados já estavam presos preventivamente por terem sido alvos da 1ª e 2ª Fase da operação “Tentáculos” da Polícia Civil de Gaspar – a operação “Tentáculos” visou coibir o crime organizado e o tráfico de drogas de drogas em Gaspar.

O adolescente envolvido teve a sua internação provisória decretada e se encontra no CASEP de Blumenau.

XXXXXXXXXXXXXSADSDSDSDSDSDSD

A Polícia Civil, o Ministério Público e a Vigilância Sanitária cumpriram um mandado de busca e apreensão em uma estética em Pomerode, no Vale do Itajaí, com o objetivo de apreender câmaras de bronzeamento artificial baseadas na emissão de radiação ultravioleta.

Foram apreendidas 02 câmaras de bronzeamento artificial e o estabelecimento foi interditado pelos órgãos de saúde pública municipal.

De acordo com o delegado de polícia Antonio Lucio Antunes Godoi, este tipo de serviço contraria a Resolução nº 56/2009 da Anvisa, além de poder caracterizar crime previsto na Lei 8.137/90.

Foram encontrados alguns produtos vencidos e outros em que serão feitas diligências no sentido de esclarecer a procedência. Não está descartada a existência de outros crimes contra a saúde pública. Os responsáveis e clientes serão intimados para prestar esclarecimentos durante o inquérito policial. A Lei 8.137/90 em seu art. 7º , VII prevê uma pena entre 2 a 5 anos por este tipo de delito.

 cddea66c 47ec 4757 b0a6 44ea307b0353