Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2021 12 03 at 16.31.45

Policiais civis do Setor de Investigações e Capturas da Delegacia de Polícia de Gaspar, no Vale do Itajaí, cumpriram um mandado de prisão definitiva contra um homem de 65 anos pela prática de crime de sonegação fiscal na sua empresa, localizada em Itajaí.

O homem foi localizado e preso na sua residência, no Bairro Coloninha, em Gaspar, e conduzido até a Delegacia de Polícia para os procedimentos legais. Após, foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau para o início do cumprimento da sua pena de 4 (quatro) anos e 5 (cinco) meses.

Viatura sirene noite

A Polícia Civil cumpriu a prisão preventiva expedida pelo Judiciário contra um homem investigado por uma onda de furtos a residências no Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

A investigação é da Delegacia de Polícia de Pomerode. De acordo com o delegado de polícia Antônio Godoy, o homem foi preso na quinta-feira (02) após a Polícia Civil realizar a investigação e a representação ao Judiciário pela sua prisão preventiva.

O suspeito foi identificado pelos investigadores após monitoramento e trabalha como motorista de aplicativo. Ele é suspeito de sete furtos a residências no Vale.

Entre as cidades alvos dos delitos estão Canelinha, Timbó, Ascurra e Pomerode. O preso foi encaminhado ao presídio de Blumenau, As investigações continuam para esclarecer mais crimes semelhantes na região.

Viatura Sirene

Policiais civis cumpriram um mandado de prisão preventiva contra um homem por descumprir medidas protetivas deferidas com o objetivo de resguardar a integridade física de sua ex-companheira. A ação é das Delegacias de Polícia de Ascurra e Taió, onde o homem foi preso, na quinta-feira (25).

A investigação iniciou após a vítima procurar a Delegacia de Polícia de Apiúna para relatar que o ex-companheiro teria lhe ameaçado de morte e realizado disparos de arma de fogo nas proximidades de sua residência.

Após a conclusão do inquérito policial, foi representado ao Poder Judiciário de Ascurra pela prisão preventiva dele e pela busca e apreensão domiciliar na sua atual residência, em Taió. Os pedidos foram deferidos pelo Judiciário, com parecer favorável do Ministério Público. A prisão ocorreu no bairro Padre Eduardo, em Taió, e o preso foi encaminhado ao Presídio Regional da cidade de Rio do Sul.

WhatsApp Image 2021 11 26 at 08.34.45

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau prenderam em flagrante um homem por tráfico de drogas, no bairro Itoupava Central, em Blumenau, na quinta-feira (25).

Após informações de que havia droga em sua residência, o investigado, que também realizava o disque-entrega utilizando o seu próprio veículo, foi flagrado pelos policiais civis vendendo droga em via pública.

Na sequência, já que a venda foi muito rápida, optou-se por abordar o usuário. Em sua posse foi apreendida uma porção de maconha. Questionado, o usuário confirmou ter comprado a droga do investigado. Ao retornar para casa, já que havia uma equipe de policiais civis no local, o investigado foi abordado. Realizada a busca, porções de maconha e dinheiro foram localizados.

No interior do imóvel, os policiais civis apreenderam mais de 10 quilos de maconha, apetrechos do tráfico, balança de precisão e a quantia de R$ 12.182,00. Uma arma também foi apreendida. Diante da situação flagrancial, o preso e os objetos apreendidos foram encaminhados à DIC/PCSC para as providências cabíveis.

WhatsApp Image 2021 11 26 at 08.34.44

 presaextorsao

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia da Comarca de Ascurra, cumpriu na quinta-feira (25) um mandado de busca e apreensão domiciliar e um mandado de prisão preventiva contra uma mulher por extorsão, delito previsto no art. 158 do Código Penal, cometido através do ambiente cibernético.

A investigação começou em julho. Na oportunidade, a vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil de Apiúna para relatar que havia conhecido uma mulher pela internet e que essa seria moradora de Ituporanga. A vítima relatou que trocaram algumas fotografias por aplicativo de mensagens e iniciaram um relacionamento online.

Durante o relacionamento, a investigada passou a solicitar valores para fazer uma cirurgia e diante da negativa passou a exigir da vítima o valor de R$ 50.000,00, caso contrário criaria uma página em rede social para divulgar as conversas íntimas e fez outras ameaças.

Em seguida, a investigada passou a narrar que havia registrado um boletim de ocorrência contra a vítima na Delegacia de Polícia Civil de Ituporanga e exigiu depósitos de R$ 5.000,00, R$ 3.000,00 e R$ 2.500,00.

Durante a investigação foi possível identificar a suspeita, moradora da cidade de Ituporanga. Foi verificado, através de diligências, que a suspeita havia praticado o mesmo tipo de crime contra outra vítima em maio de 2021, exigindo da vítima o valor de R$ 200.000,00 para que não procurasse a delegacia de polícia.

As ordens judiciais foram cumpridas na localidade Rio Perimbó. No local foi apreendido o aparelho celular da suspeita. O mandado de prisão preventiva foi cumprido no mesmo local. A presa foi encaminhada para a Unidade Prisional Avançada de Ituporanga e ficou à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra.