Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

banner3

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Furtos e Roubos de Brusque, concluiu um inquérito policial que apurou um crime de roubo de veículo a um motorista de aplicativo, em Brusque.

O crime ocorreu no dia 12 de outubro, no bairro Limoeiro. Três homens solicitaram uma corrida por meio de aplicativo. Durante o percurso, anunciaram o assalto mediante a utilização de facas. Eles se deslocaram com a vítima até Itajaí, onde amarraram os pés e as mãos, deixando-a em local ermo e subtraíram o veículo Ford Ka, um aparelho celular, um relógio, documentos, cartões e R$ 200.

Após algum tempo amarrada, a vítima foi socorrida por populares que passavam pelo local e auxiliaram no acionamento da polícia para prestar socorro. Os autores do crime fugiram com o carro da vítima, abandonando-o em um beco no bairro laranjeiras, em Itajaí.

Ao tomar conhecimento dos fatos, a Divisão de Furtos e Roubos passou a realizar diligências investigativas, tendo êxito em identificar as três pessoas envolvidas no roubo do motorista de aplicativo.

Ao aprofundar as investigações, a Polícia Civil constatou também que o trio também teve a participação em um outro roubo em Brusque contra uma pessoa que estava transitando a pé pela Rua Azambuja, no bairro Azambuja. Esse roubo aconteceu em 04 de outubro.

Nesse contexto, dois dos investigados foram presos em Joinville e o terceiro se encontra foragido da Justiça. Eles vão responder por roubo, receptação e associação criminosa.

banner2

A Polícia Civil prendeu na tarde de segunda-feira (29), em São João Batista, um homem de 51 anos suspeito de crime de lesão corporal praticado no âmbito da violência doméstica contra a sua ex-mulher. Ele já havia sido indiciado em inquérito policial pela Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Brusque. Na época das agressões, a vítima foi agredida com socos no rosto e na cabeça.

Após o término da investigação e o indiciamento do suspeito, foi expedido mandado de busca e apreensão, uma vez que havia informações de que ele possuía armas de fogo e munições sem o devido registro.

O mandado foi cumprido em São João Batista por policiais civis daquela cidade. No local foram encontradas armas e munições. O homem foi preso em flagrante e encaminhado ao presídio de Tijucas.

 ab43a1ab bb98 41e5 917c 3563ba1df385

A Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu na tarde de segunda-feira (22) um mandado de prisão preventiva contra um homem de 40 anos por homicídio doloso. A prisão ocorreu em São João Batista e o crime ocorreu em Sarandi, no Rio Grande do Sul.

A ação foi da Delegacia de Polícia da Comarca de São João Batista, com o apoio da Delegacia de Polícia do Município de Major Gercino. O homem estava escondido em Santa Catarina.

A prisão aconteceu após a equipe de policiais civis de São João Batista receber informações sobre o paradeiro do suspeito da Polícia Civil de Carazinho (RS). O homem foi transferido para o sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

 WhatsApp Image 2021 11 10 at 10.30.16

Na manhã desta quarta-feira (10), a Polícia Civil desencadeou a operação “Green Quest”, com o objetivo de combater o tráfico de drogas em Brusque e região. A ação é da Divisão de Investigação Criminal DIC/PCSC) de Brusque. Houve a prisão de quatro pessoas.

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, cinco deles em Brusque, três em Guabiruba e um em Joinville.

Foram apreendidos maconha, LSD, óleos e cogumelos alucinógenos, balanças de precisão e mais de R$ 5.000,00, além de anotações e contabilidade do tráfico. Quatro pessoas foram presas em flagrante, duas no município de Brusque e duas no município de Guabiruba.

O nome da operação “Green Quest”, Busca Verde, em tradução livre, faz alusão ao nome utilizado pelos traficantes para se referir à droga conhecida como maconha, principal droga comercializada pelos investigados.

A investigação terá prosseguimento no sentido de analisar os materiais e objetos angariados durante as buscas.

Os quatro presos serão encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Brusque. Participaram 45 policiais civis de Brusque, São João Batista, Major Gercino, Itajaí, Navegantes, Balneário Camboriú e Joinville.

brusque

asasasasasasasasasasasass

A Polícia Civil de São João Batista cumpriu prisões temporárias e mandados de busca e apreensão contra dois homens por um roubo praticado a uma família em São João Batista. O crime ocorreu no dia 02/10/2021, quando os suspeitos usaram de violência contra as vítimas.

Após investigação, a Polícia Civil representou pelas ordens judiciais. Elas tiveram parecer favorável do Ministério Público e foram deferidas pelo Judiciário. Policiais cumpriram os mandados na manhã de quarta-feira (20). Os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Tijucas.

Mais de 25 policiais civis participaram da ação, que contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Nova Trento, Major Gercino, DIC/PCSC de Brusque, DPCO de Brusque, DPCAMI/PCSC de Brusque e DFR/PCSC de Brusque. Houve ainda o apoio da Polícia Militar de São João Batista na elucidação do caso.