anabolizantes_1_pquenaPinhalzinho – A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Pinhalzinho, prendeu em flagrante André Jorge Antônio Ghizzi, 35 anos, por posse ilegal de produto medicinal, hoje (30), em Pinhalzinho. Foi apreendido mais de R$ 200 mil em anabolizantes e abortivos.

 

Um Policial Militar estava passando próximo à garagem de um prédio deAndr_Jorge_Antnio_Ghizzi_pquena propriedade da família do acusado, quando presenciou Ghizzi descarregando  um material que o PM considerou suspeito. Em seguida, o Policial procurou a Delegacia de Pinhalzinho para relatar o fato.

 

anabolizantes_3_pquenaDe posse dessa informação, a equipe de Policiais Civis se dividiu em dois grupos – um foi para o prédio onde foi depositado o material suspeito e o outro foi para a residência de Ghizzi.

 

Na garagem do prédio – que é de propriedade da família do acusado – foianabolizantes_2_pquena apreendido mais de 25 espécies de produtos proibidos ou controlados, abrangendo aproximadamente 15 mil unidades de medicamentos. Segundo o Delegado Ronaldo Moretto, que coordenou a ação, estimativas iniciais apontam que o valor da apreensão pode superar R$ 200 mil ou R$ 500 mil, se considerado o valor final de venda das mercadorias ao consumidor no mercado clandestino.

 

anabolizantes_4_pquenaGhizzi foi preso em flagrante por posse ilegal de produto medicinal. Se condenado, pode ficar de 10 a 15 anos em reclusão. Após o interrogatório, ele será encaminhado ao Presídio Regional de Chapecó.

 

Ele já era investigado por suspeitas de comércio de anabolizantes,anabolizantes_5_pqueno esteróides, medicamentos abortivos, medicamentos para disfunção erétil e medicamentos para emagrecimento, todos eles de controle especial ou proibidos. Há aproximadamente um mês havia sido preso numa Operação da Polícia Federal, relacionado à investigação que envolvia produtos proibidos e controlados, mas pagou fiança e estava respondendo em liberdade.

 

“Colabore com a Polícia, Denuncie, Disque 181”.