Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2022 05 12 at 17.28.29

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DICFron/PCSC) de Concórdia, no Meio-Oeste, realizou a operação “Homines” e prendeu em flagrante um homem por tráfico de drogas, nesta quinta-feira (12).

Por volta das 12h, policiais civis cumpriram seis mandados de busca e apreensão. Destes, cinco em Concórdia e um em Linha Adolfo Konder, interior de Itá. Durante as diligências foram apreendidos mais de 300 gramas de cocaína, pequena quantidade de “ecstasy”, 3 balanças de precisão, telefones celulares, embalagens de drogas e R$ 500.

Um homem foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia. Na investigação, a Polícia Civil constatou a existência de uma associação criminosa voltada ao tráfico de drogas.

Um dos homens, que seria o responsável pela compra de droga e distribuição entre os demais traficantes, se encontra preso no Rio Grande do Sul cumprindo pena por tráfico de drogas e é suspeito de comandar a ação dos demais membros da associação criminosa (por isso o nome da operação, pois os “peões” continuavam vendendo apesar da prisão do outro traficante).

Participaram da operação “Homines” policiais civis da DIC/PCSC, DPCAMI/PCSC e SIC/PCSC de Concórdia, da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC) e da Coordenadoria de Operações com Cães da PCSC.

COLETE TRÁS

Policiais civis cumpriram dois mandados de prisão em Concórdia, no Meio-Oeste do Estado. As prisões ocorreram na terça-feira (19).

O primeiro mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC). Trata-se da prisão preventiva de um homem pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável com majorantes. A prisão ocorreu no bairro Frei Lency.

Depois, um outro homem com mandado de prisão por condenação de 20 anos de prisão em decorrência do crime de estupro de vulnerável praticado no ano de 2009, também foi preso. Esta prisão foi efetuada pela DPCAMI/PCSC com o apoio dos policiais civis do Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Polícia da Comarca. A prisão ocorreu no bairro Natureza, em Concórdia.

b1161d1e 74ab 4d7d 9eca 21aaf3a5d6a0

A Polícia Civil recebeu duas carabinas Taurus T4, calibre 5.56, para reforço dos trabalhos em Seara, no Oeste.

O armamento é fruto de repasse de recursos do Poder Judiciário e do Ministério Público da Comarca de Seara à Instituição e será importante para a atuação dos policiais civis de Seara e região no combate à criminalidade.

WhatsApp Image 2022 03 23 at 07.30.23

Na manhã desta quarta-feira (23), a Polícia Civil desencadeou uma nova fase da operação “Difron Segura” em Concórdia, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e mandado de prisão preventiva. Houve prisão em flagrante por tráfico de drogas.

A ação começou por volta das 6h e envolveu policiais civis de Concórdia (DIC/PCSC, DPCAMI/PCSC e SIC/PCSC), Ipumirim, NOC/PCSC de Chapecó e da operação “Hórus”.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão: dois no bairro Vista Alegre e um no bairro Imperial, além de um mandado de prisão preventiva, todos decorrentes de investigação realizada pela DIC/Fron da PCSC referente à prática dos crimes de tráfico de drogas e de associação para o tráfico de drogas.

Durante a ação, na casa de um investigado de 19 anos foram apreendidos aproximadamente 45 gramas de maconha, uma capa de colete balístico, dinheiro fracionado e um telefone celular. O preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia.

 Viatura 12y

Policiais civis da Delegacia de Polícia da Comarca de Seara, no Oeste, cumpriram quatro mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (22).

A ação, que integra a operação “Difron Segura”, teve como intuito o encontro de armas de fogo irregulares. Os investigados contam com ficha criminal e são suspeitos de uso de armas para ameaçar pessoas, dando tiros para o alto, além de postar em suas redes sociais imagens das armas, fazendo alusão a crimes.

Foram apreendidos diversos celulares dos envolvidos. As investigações continuam para localizar as armas e também um dos suspeitos que possui mandado de prisão por crime semelhante e está foragido. A ação contou com o apoio da Polícia Militar de Seara, agentes da SIC/PCSC e DPCAMI/PCSC de Concórdia e Ipumirim.