Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2021 03 02 at 10.52.24

Duas pessoas foram presas em uma ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar pelo golpe do cartão clonado, em Concórdia. Foram apreendidos máquinas de cartão de crédito, cartões, dinheiro, celulares e maconha.

As prisões ocorreram na segunda-feira (01) por meio do Setor de Investigações e Capturas (SIC) da Delegacia de Polícia da Comarca, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) e da PM.

Os presos são um homem de 27 anos e uma mulher de 19 anos. Eles foram autuados em flagrante por estelionato e uso de documento falso.

Conforme as investigações, houve várias vítimas em Concórdia. Trata-se de um golpe em que os estelionatários, se passando por funcionários de instituições bancárias fazem contatos com a vítima afirmando que tiveram seus cartões clonados, e em seguida se deslocam até a residência para recolherem os cartões bancários com o pretexto de bloqueá-los e encaminhar à Polícia Federal. Assim, na posse dos cartões realizam transações, lesando as vítimas.

Alerta

A Polícia Civil reforça à população que as instituições bancárias não solicitam recolhimento do cartão. Assim, quando houver dúvida sobre a segurança de sua conta, entre em contato pessoalmente com os representantes do seu banco, e, caso seja informado por meio de ligação, não forneça sua senha.

Denúncias podem ser dadas ao 181 ou WhatsApp (48) 98844-0011.

brasaoo

A Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça relacionados ao inquérito policial que apura um homicídio doloso ocorrido no dia 10/2/2021, em Concórdia. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron), com o apoio da equipe de investigação do SIC da DP/Fron.

Na quinta-feira (25), as diligências foram realizadas no distrito de Santo Antônio, em Concórdia, quando foram cumpridos o mandado de prisão temporária de um investigado de 26 anos e um mandado de busca e apreensão em sua residência.

Nesta sexta-feira (26), as diligências foram realizadas no Bairro Bom Pastor, em Concórdia, quando foram cumpridos o mandado de prisão temporária de outro investigado de 26 anos, e um mandado de busca e apreensão em sua casa. Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão em uma residência no Bairro Flamengo.

As diligências fazem parte da investigação em andamento. Os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Concórdia. A investigação prossegue e o inquérito policial deverá ser encaminhado à Justiça em 30 dias.

 pc giro noite

A Polícia Civil cumpriu mais um mandado de prisão temporária expedido pelo Judiciário nas investigações que apuram o triplo homicídio ocorrido em Quilombo na madrugada de 30/01/2021. A prisão foi na tarde de quarta-feira (24) por meio da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de Concórdia.

As investigações estão em andamento pela Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de São Lourenço do Oeste.

O homem de 36 anos foi preso no distrito de Santo Antônio, em Concórdia. Esta é a quarta prisão do caso. Assim como as três prisões anteriores, o pedido da Polícia Civil pela prisão foi como medida imprescindível para as investigações no sentido de esclarecer os fatos e garantir a colheita de provas nos trabalhos. As investigações prosseguem em sigilo.

WhatsApp Image 2021 02 10 at 10.07.48

A ação conjunta das forças de segurança de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul resultou em duas prisões de suspeitos de praticarem o golpe do bilhete premiado, em Concórdia. A prisão ocorreu em Passo Fundo (RS), na terça-feira (09). A vítima dos golpistas havia sido uma moradora de Concórdia, onde o estelionato foi praticado, na segunda-feira (08), e teve prejuízo de mais de R$ 60 mil.

As prisões ocorreram pouco mais de 24 horas depois do crime. Os presos foram reconhecidos pela vítima. Eles têm 36 anos. Com os presos foram apreendidos R$ 8,8 mil, 140 dólares em notas de um dólar e um bilhete de loteria falsificado com números que teriam sido sorteados em extrações passadas, material utilizado para o golpe.

Inteligência

O trabalho de inteligência envolveu a Polícia Civil de Concórdia, a Polícia Civil do RS, a Polícia Rodoviária Federal de SC e do RS e a Brigada Militar do RS. As investigações prosseguem, pois há suspeita de que outras pessoas podem ter participado do crime.

bilheteconcordia

concordiadrogas

A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira (05) a Operação “En passant” em combate ao tráfico de drogas, em Concórdia.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron), com o apoio dos setores de investigação (SIC) da DPCAMI/Fron, DP/Fron de Concórdia e DP/Fron de Seara. Duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas, de 39 anos e 25 anos, e um adolescente apreendido pela propriedade da planta de maconha.

A ação começou por volta das 6h com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, em endereços no Bairro Vila União.

Apreensões

Nestes locais houve a apreensão de R$ 3 mil, 170 gramas de maconha fracionada em diversas porções prontas para a venda, 54 gramas de cocaína, 470 gramas de “crack”, duas balanças, um “pé” de maconha, munição calibre .38 SPL, saco com “pinos” utilizado para embalar e vender cocaína e telefones celulares.