Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 Viatura 12y

Policiais civis da Delegacia de Polícia da Comarca de Seara, no Oeste, cumpriram quatro mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (22).

A ação, que integra a operação “Difron Segura”, teve como intuito o encontro de armas de fogo irregulares. Os investigados contam com ficha criminal e são suspeitos de uso de armas para ameaçar pessoas, dando tiros para o alto, além de postar em suas redes sociais imagens das armas, fazendo alusão a crimes.

Foram apreendidos diversos celulares dos envolvidos. As investigações continuam para localizar as armas e também um dos suspeitos que possui mandado de prisão por crime semelhante e está foragido. A ação contou com o apoio da Polícia Militar de Seara, agentes da SIC/PCSC e DPCAMI/PCSC de Concórdia e Ipumirim.

82aca423 fa79 4cf1 bdda abb17cf72582

O Detran, por meio da 14ª CIRETRAN de Concórdia, inaugurou na segunda-feira (21) o CAV (Captura Ao Vivo) em Irani. Trata-se da descentralização do serviço de captura de fotografia, assinatura e impressão digital para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Desta forma, a população de Irani e de seu entorno terá maior praticidade no processo de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na medida em que será desnecessário o deslocamento a Concórdia para a realização desse serviço de captura de imagens (foto, assinatura e impressão digital).

Agora, o serviço está nos três maiores municípios da região da 14ª Ciretran (Concórdia, Seara e Irani). O CAV de Irani está instalado na Delegacia de Polícia do Município, com atendimento de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, e às sextas-feiras, das 08h às 12h.

WhatsApp Image 2022 03 04 at 13.20.13

Nesta sexta-feira (04), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Seara, deflagrou a operação “Patrão”, que apura a existência de um grupo de pessoas associadas ao tráfico de drogas em Seara, no Oeste.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Seara e em Faxinal dos Guedes. Foi realizada ainda a prisão em flagrante de um homem, considerado o líder do grupo, que será encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia.

Durante a operação foram apreendidos dois veículos utilizados para o tráfico, aproximadamente R$ 6 mil, nove aparelhos celulares, uma prensa hidráulica utilizada para prensar drogas, balança, embalagens e outros instrumentos utilizados para fracionamento de drogas.

Foram apreendidos, ainda, aproximadamente 400g de cocaína e 100g de maconha do tipo “camarão” (que é a flor da cannabis, dificilmente encontrada para venda). Outros dois investigados do grupo já se encontram presos por tráfico de drogas. Os aparelhos apreendidos serão analisados para a continuidade das investigações.

A operação contou com apoio dos Núcleos de Operações com Cães (NOC/PCSC) de Xanxerê e de Caçador, de policiais civis das Delegacias de Alto Bela Vista, Arvoredo, Concórdia, Ipumirim, Irani, Itá, Xavantina, Faxinal dos Guedes, Xanxerê e policiais integrantes da operação “Hórus”. No total, participaram da operação cerca de 25 policiais civis.

DIC VIATURA TRAS

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) realizaram uma investigação para apurar o crime de tortura ocorrido no dia 21/02/2022, em Concórdia, quando dois homens agrediram uma mulher, inclusive com o uso de um martelo, pelo fato de ela ter “descumprido as regras”.

Foi instaurado inquérito policial e representado pelas prisões temporárias dos investigados e de mandados de busca e apreensão em locais a eles vinculados. Na tarde do dia 25 de fevereiro, policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC), DPCAMI/PCSC e SIC/PCSC, com o auxílio do SAERFron/PCSC, realizaram a operação “Hammer”, diligenciaram até o bairro Vila União, em Concórdia e cumpriram as ordens judiciais.

Prisões

Durante a ação, foram presas temporariamente duas pessoas, assim como também foram apreendidos o martelo e roupas por eles utilizadas durante o crime de tortura. Ainda durante a diligência, foram apreendidos porções de cocaína, crack e haxixe, dinheiro fracionado e outros elementos indiciários relacionados ao crime de tráfico de drogas, motivo pelo qual outras duas pessoas foram presas em flagrante pelo crime previsto no artigo 33 da Lei nº 11.343/2006.

Em um dos endereços, a Polícia Civil efetuou uma outra prisão de foragido do sistema prisional de Chapecó, local em que cumpria pena pela prática do crime de roubo. Os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Concórdia.

A DIC/PCSC dará andamento aos inquéritos policias referentes aos crimes de tortura e de tráfico de drogas, os quais serão remetidos a Juízo dentro do prazo legal.

 tecnoeste

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio do Centro de Apoio Operacional de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio (CAOAGRO/PCSC), participa da 16ª edição do Show Tecnológico Rural do Oeste Catarinense – Tecnoeste, em Concórdia.

A Polícia Civil dispõe no evento espaço em que apresenta o CAOAGRO/PCSC para as entidades e produtores rurais da região e também expõe os avanços do projeto “Concórdia mais Segura”, demonstrando como a integração entre a tecnologia e a investigação pode ajudar na resolução dos crimes em áreas rurais e contra o agronegócio, conforme o diretor de Polícia da Fronteira e coordenador estadual do (CAOAGRO/PCSC), delegado de polícia Fernando Callfass, que participou da abertura com os delegados de policia de Concórdia, Álvaro Optiz e Rogério Taques.

Durante o evento, as áreas mais importantes do setor se unem para trazer ao produtor rural novidades e inovações relevantes para o trabalho e a vida no campo. O Tecnoeste é uma realização da cooperativa Copérdia em parceria com o Instituto Federal Catarinense – Campus Concórdia e acontece entre os dias 15 a 17 de fevereiro.

WhatsApp Image 2022 02 15 at 16.32.09 1

WhatsApp Image 2022 02 15 at 16.29.40 2