20021056 cd58 4a43 8ef5 7aa0c551f8b4

Os pilotos de RPAS (Remotely Piloted Aircraft System), policiais civis Osnei Valdir de Oliveira e a Mylena Gomes Espíndola, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), participaram do evento Drone com Show - SpaceBR , o maior evento de drones, geotecnologias e espaço da América Latina.

O evento ocorreu na semana passada, em São Paulo, e reuniu os principais órgãos reguladores do setor no Brasil. Estavam presentes autoridades da ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil), DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo ), MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Ministério da Defesa.

Houve durante a programação o lançamento pela ANAC do Novo SISANT (Sistema de Aeronaves Não Tripuladas), que comportará o cadastro de novos tipos de drones, incluindo BVLOS e Classe 2. Foram apresentadas novas tecnologias e aeronaves não tripuladas para o emprego em atividades de segurança pública, com o foco na inteligência artificial, monitoramento remoto, processamento de imagens de satélites e drones, captura de dados tridimensionais e integração de dados usando drones e satélites.

No encontro realizado com militares do DECEA foram apresentadas as atualizações e alterações do sistema SARPAS para Acesso Espaço Aéreo Brasileiro que será lançado em breve.

Os policiais civis, delegado de polícia Osnei Valdir de Oliveira e a agente de polícia Mylena Gomes Espíndola, habilitados como pilotos de RPAS, foram capacitados para operar em situações extremas com segurança e em consonância com as normas regulatórias em vigor.

A integração com pilotos de outras unidades federativas e com os órgãos reguladores permite um processo sistemático e contínuo de boas práticas, metodologias e networking, estabelecendo uma rede de contatos e otimizando a base de relacionamentos institucionais.