Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

Jackson_Joo_Pedroso_pequenaItajaí - A Policial Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, prendeu em flagrante pelo crime de posse ilegal de munição de uso restrito e receptação Jackson João Pedroso, de 30 anos e indiciou pelo crime de receptação Leonardo João Pedrozo, de 27 anos.

 

O Caso

 

No dia 4 de maio de 2010, dois homens portando armas de fogo adentraram um escritório de despachante localizado na Av. Joca Brandão, Centro de Itajaí, e mediante fortes ameaças subtraíram a importância de R$ 5.500,00 em dinheiro e dois aparelhos de telefone celular. No curso das investigações constatou-se que Jackson estava utilizando um dos aparelhos de telefone celular subtraído no roubo.

 

Os Policiais localizaram Jackson e apreenderam em seu poder um dos aparelhos. Em buscas na residência do suspeito foi localizado munições de calibre 9 mm, 45 e 357.

 

Pedroso recebeu voz de prisão e ao ser interrogado pela Autoridade Policial informou ter adquirido o aparelho de seu primo Leonardo, o qual também foi interrogado acerca dos fatos. Ambos foram submetidos a reconhecimento, porém as vítimas não os reconheceram como autores do roubo.

 

Ante os fatos, Jackson foi autuado em flagrante e após a conclusão dos procedimentos foi encaminhado ao Presídio Regional do Complexo Prisional da Canhanduba. As investigações prosseguem com a finalidade de identificar os autores do roubo.

 

“Colabore com a Polícia, Denuncie, Disque 181”