Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

COLETE TRÁS

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão contra um homem de 28 anos condenado com sentença definitiva de 14 anos de reclusão pela prática de crimes de estupro de vulnerável.

A ação foi de policiais civis de Corupá, com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Jaraguá do Sul, nesta quinta-feira (05). Os crimes ocorreram em Corupá e foram investigados pela Delegacia de Polícia local em 2017.

O homem havia sido preso anteriormente após a conclusão do inquérito policial, porém, por ter recorrido havia sido solto. No decorrer do processo, o mandado de prisão foi aberto novamente e após tomar conhecimento, através de investigações, a Delegacia de Polícia de Corupá localizou o seu paradeiro, em Curitiba (PR).

Nesta quinta-feira, com o apoio da DIC/PCSC foi realizada uma diligência, que culminou na sua prisão. O homem foi conduzido até a DP de Jaraguá do Sul e depois ao Presídio Regional local.

WhatsApp Image 2022 05 04 at 10.15.40

Na manhã desta quarta-feira (04), a Polícia Civil efetuou a prisão em flagrante de um homem por armazenamento de pornografia infantil, em Jaraguá do Sul. A ação é do setor de investigações e capturas da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Jaraguá do Sul. Houve a participação da Polícia Científica.

Os policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão contra um homem, no bairro Vieira. O mandado é resultado de uma investigação da Polícia Civil no combate à pornografia infantil, a qual se originou a partir de uma investigação nos Estados Unidos e também resultou em prisão naquele país.

As informações foram enviadas para a Diretoria de inteligência da Polícia Civil de Santa Catarina. Houve a continuidade às investigações, com o compartilhamento das informações com a DPCAMI/PCSC, que deu sequência nas apurações e demais procedimentos cabíveis.

No local, foi realizada a perícia pela Polícia Científica e constatado material pornográfico infantil no celular do suspeito. Também foram apreendidos outros dispositivos eletrônicos que possam ter relação com o caso. O homem foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia da Comarca de Jaraguá do Sul para os procedimentos cabíveis.

banner1

A Polícia Civil esclareceu uma série de furtos em Schroeder e Jaraguá do Sul e prendeu, na manhã desta segunda-feira (22), um homem suspeito de participar dos crimes. A prisão mobilizou policiais civis da Delegacia de Polícia de Schroeder e policiais militares de Jaraguá do Sul e foi realizada no bairro Adhemar Garcia, em Joinville.

Na residência do suspeito foram encontrados diversos objetos relacionados aos furtos. A investigação apurou que somente neste mês de novembro ocorreram furtos na região de Schroeder e Jaraguá do Sul e em todos havia a informação de que um veículo Fox de cor branca estaria envolvido.

Após troca de informações com a PM, o veículo foi abordado em uma operação e os suspeitos identificados. Eles confirmaram a participação nos furtos. Entretanto, não houve a configuração de uma situação que permitisse uma prisão em flagrante. Durante a entrega dos objetos, foram identificados quatro furtos em Schroeder e outros 11 realizados em Jaraguá do Sul – ao todo foram 15 furtos praticados em 25 dias. A somatória dos valores dos objetos furtados é de cerca de R$ 55.000,00.

A Delegacia de Polícia de Schroeder então efetuou o pedido de prisão preventiva dos suspeitos em inquérito policial. O preso foi encaminhado ao presídio de Joinville.

logo sala

Policiais civis da Delegacia de Defraudações da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC) cumpriram nesta sexta-feira (19) um mandado de busca e apreensão em Jaraguá do Sul. O objetivo foi o de coibir fraude em compras realizadas na plataforma online de um supermercado.

Conforme representação apresentada pelo supermercado, foi verificado que o investigado conseguiu alterar preços de diversos produtos na plataforma online e, após a alteração dos preços, realizava a compra destes com preços muito abaixo do valor de mercado. Além do lucro obtido pelo investigado, a empresa ainda foi obrigada a finalizar diversas outras compras realizadas por terceiros de boa-fé.

Após diligências, a equipe de investigação da Delegacia de Defraudações identificou o autor dos fatos, o qual reside em Jaraguá do Sul. Após o cumprimento do mandado de busca e apreensão, foi realizado o interrogatório do investigado, que confessou a fraude perpetrada. O crime previsto no caso é o de estelionato.

WhatsApp Image 2021 11 17 at 19.51.35

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Jaraguá do Sul, recuperou na tarde de quarta-feira (17) quatro notebooks furtados de um colégio do município de Jaraguá do Sul. Os notebooks estavam na posse de um professor do colégio.

Profissionais do setor de informática da Prefeitura entraram em contato com a DIC/PCSC para tentar localizar dois notebooks que haviam sido furtados do local. Através do rastreamento do notebook foi possível identificar que ele foi conectado na internet da residência do suspeito.

Ao chegar nessa residência, os policiais encontraram quatro notebooks pertencentes à Prefeitura de Jaraguá do Sul, inclusive dois deles ainda estavam com o número de patrimônio da prefeitura. O suspeito confessou que subtraiu os quatro notebooks da escola que ele trabalha. Ele responderá pelo crime de peculato que está descrito no artigo 312 do Código Penal.