Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 hervaldroga

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joaçaba, estourou um ponto de tráfico de drogas em Herval D´Oeste. Foram apreendidas 200 gramas de cocaína e presa em flagrante uma mulher de 35 anos suspeita de tráfico de drogas. 

A ação aconteceu na tarde de terça-feira (26) e teve o apoio do Setor de Investigação Criminal da Delegacia da Comarca de Joaçaba. O ponto estourado funcionava no Centro de Herval D´Oeste. A droga estava dividida em 45 porções prontas para a venda.

Segundo o delegado Andre Cembranelli, da DIC de Joaçaba, houve denúncia a respeito. “Destacamos a importância das denúncias realizadas pela população, em auxílio à polícia no combate ao tráfico de drogas”, pontua.

WhatsApp Image 2020 05 23 at 14.08.04

Em Jaborá, uma ação da Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar de Joaçaba apreendeu maconha, cocaína, ecstasy, munição e dinheiro. Foi durante o cumprimento de três mandados de busca e apreensão, na sexta-feira à tarde (22), quando um homem de 49 anos foi preso em flagrante.

Os mandados foram cumpridos em busca de provas da autoria e materialidade de um roubo contra uma idosa em uma residência, na linha Ficagna, em Joaçaba. 

O local onde o preso morava, preparava as drogas para a venda e as comercializava era estratégico, pois possibilitava a distribuição para várias cidades como Joaçaba, Jaborá, Vargem Bonita, Catanduvas, Concórdia, entre outras. A investigação do roubo está sendo concluída e em breve será encaminhada aos representantes do Ministério Público e Judiciário.

WhatsApp Image 2020 05 23 at 14.08.03

WhatsApp Image 2020 05 23 at 14.08.03 1

WhatsApp Image 2020 05 11 at 11.17.32

A Polícia Civil, através  da Delegacia de Polícia da Comarca de Catanduvas e com o apoio da Delegacia de Polícia de Herval D’Oeste, esclareceu na manhã de domingo (10) o homicídio em uma oficina mecânica, em Catanduvas. O autor, de 44 anos, é sogro da vítima, que tinha 36 anos e foi morta a tiros enquanto trabalhava.

Após o crime, a Polícia Civil e os peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) providenciaram o isolamento do local da crime e iniciaram as investigações. O autor do crime fugiu após matar o genro, mas se apresentou na manhã de domingo, com os advogados, na Central de Plantão Policial de Herval D’Oeste. Segundo o delegado Leandro Antônio de Sales, ele prestou depoimento e recebeu voz de prisão após expedição do mandado de prisão.

O homem também entregou a arma usada no crime, que estava registrada em seu nome, que agora será periciada. Após prestar depoimento, ele foi transferido para o sistema prisional da região.

WhatsApp Image 2020 04 30 at 18.28.04

Em Joaçaba e região, a Delegacia Regional de Polícia entregou esta semana produtos arrecadados em campanha solidária. Foram cerca de dois mil quilos de produtos, entre itens de limpeza, higiene pessoal e alimentos distribuídos entre os centros de assistência social dos municípios de Joaçaba, Herval D'Oeste, Capinzal e Catanduvas, que serão responsáveis pela redistribuição às famílias  em situação de vulnerabilidade social.

WhatsApp Image 2020 04 30 at 18.28.06

 WhatsApp Image 2020 04 16 at 08.39.22

Trinta prisões foram efetuadas até por volta das 9h pela Operação Manus in Manu realizada pela Polícia Civil de Joaçaba em conjunto com a Polícia Militar, no Meio-Oeste catarinense. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) em combate a uma organização criminosa.

Segundo o delegado André Cembranelli, da DIC de Joaçaba, foram cumpridos 30 mandados de prisões temporárias. Ainda faltam serem cumpridas outras três ordens de prisões. O objetivo é combater o tráfico de drogas e o crime organizado na região.

Os mandados foram cumpridos em Joaçaba, Herval do Oeste, Luzerna, Peritiba, Joinville e Concórdia pelos policiais civis e militares. Foram apreendidas duas armas de fogo, drogas e anotações do tráfico de drogas. A investigação durou seis meses. A operação mobilizou 100 policiais e 25 viaturas e o SAER (Serviço Aeropolicial) da Polícia Civil. “As prisões são resultado desse trabalho conjunto entre a Polícia Civil e a Polícia Militar e quem ganha com isso é a sociedade”, afirma o delegado Cembranelli.

WhatsApp Image 2020 04 16 at 08.39.22 2

 WhatsApp Image 2020 04 16 at 09.11.20

WhatsApp Image 2020 04 16 at 09.12.22