Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

7a35f0aa 0cf9 4624 8041 0470c31d2866

Na quarta-feira (22), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Joinville, prendeu, em flagrante, uma dupla de estelionatários que tentou aplicar o golpe do cartão clonado em uma vítima idosa, no bairro Boa Vista, em Joinville.

Com os suspeitos, foram localizados celulares, valores em dinheiro e uma máquina de cartão de crédito. Eles foram encaminhados para a sede da DIC e autuados em flagrante pelo crime de tentativa de estelionato.

Conheça o Golpe

No caso, os criminosos contataram a vítima, via telefone, e se identificaram como sendo funcionários de uma instituição bancária. Em seguida, questionaram a idosa se teriam sido realizadas movimentações e compras atípicas com seu cartão de crédito. A mulher negou e o estelionatário a orientou a ligar no número de telefone, que consta no verso do cartão de crédito, para efetuar o cancelamento.

Entretanto, o criminoso não desligou o telefone e segurou a ligação, para que, desta forma, mesmo sendo feita a discagem para o número existente no verso do cartão, a vítima acreditasse que tinha ligado para o banco. Nesse momento, outro homem se passa por um atendente da instituição bancária e solicita os dados bancários e pessoais da vítima. Em seguida, os golpistas fazem a vítima acreditar que seu cartão foi clonado, informando que enviariam um funcionário do banco para recolher o cartão.

Foi nesse momento que a vítima percebeu que se tratava de um golpe e acionou a Polícia Civil, que chegou a tempo de flagrar os suspeitos, que ainda tentaram empreender fuga, mas foram capturados pelos policiais.

Conheça mais golpes de estelionato da Cartilha da Polícia Civil.

WhatsApp Image 2021 09 20 at 20.58.34

Nesta segunda-feira (20), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de Joinville, prendeu um homem por tráfico de drogas. O criminoso teve mandado de prisão expedido pelo Juízo da comarca de Garuva. Após os trâmites de Polícia Judiciária, o preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville e fica à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2021 09 19 at 15.01.29 1

No domingo (19), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Joinville, prendeu um ladrão de banco que estava foragido do presídio de Novo Hamburgo desde 2020. O homem de 47 anos é autor de diversos arrombamentos a bancos no país e tem outros dois mandados de prisão em aberto, expedidos pelo Poder Judiciário dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Além dos crimes patrimoniais, o preso é investigado pelo crime de lavagem de dinheiro. Estima-se que, somente ele, nos últimos anos, tenha subtraído aproximadamente R$ 2 milhões de reais.

O homem foi localizado em um apartamento próximo à praia, na cidade de Barra Velha, onde, mesmo foragido, ele costumava fazer passeios de lancha e jet-ski. Com o investigado foram apreendidas ferramentas para a prática dos crimes, além de dois veículos automotores.

Logo após a prisão, o homem foi conduzido para a sede da DIC, interrogado e encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

dfgfdgfdjgnfjgnfjgnfjkgnfdjkgndjknjknkj

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Joinville, cumpriu seis mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão, com a finalidade de prender suspeitos de integrarem uma associação criminosa, que pratica roubos e furtos a bancos e estabelecimentos comerciais na região norte do Estado.

No total, cinco pessoas foram presas. Um dos suspeitos segue foragido. Além do cumprimento dos mandados, foram feitos três autos de prisão em flagrante por receptação de cargas roubadas e também por posse ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil investiga os crimes desde maio deste ano. A equipe da DIC identificou os possíveis autores de uma tentativa de latrocínio, que ocorreu em uma agência bancária no distrito de Pirabeiraba. Na ocasião, os criminosos arrombaram o cofre e dispararam na direção do vigilante, que não foi atingido.

Todos os presos, que respondem por tentativa de latrocínio, serão encaminhados para o Presídio Regional de Joinville, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

8ab48f45 7107 4d55 a53f 88859bf8c2e5

ac1162b1 8685 4d51 8079 ed36933d9556

WhatsApp Image 2021 09 10 at 17.35.32

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da 2º Delegacia Regional de Polícia em conjunto com a 7º Delegacia de Polícia, ambas de Joinville, instalou mais três terminais de autoatendimento para registros de boletins de ocorrências. Um totem ficará disponível na Câmara de Vereadores de Garuva, um na Associação Empresarial de Garuva (ACIG)  e outro na Câmara de Vereadores de Itapoá.  Também houve treinamento do pessoal destes locais para auxiliar caso haja alguma dificuldade no momento do registro. 

Com o objetivo de levar os serviços da Delegacia Virtual mais próximo à população, sob iniciativa da Delegada Regional, Tânia Harada,  o primeiro terminal inaugurado em Joinville foi em 2019, na Subprefeitura Centro-Norte, mais tarde transferido para o PA 24h Norte.  Hoje somam-se oito totens espalhados por Joinville e região:

  • • PA 24h Norte Joinville;
  • • Shopping Muller; 
  • • Ciretran de Joinville
  • • 7º Delegacia de Polícia;
  • • Vila da Glória (São Francisco do Sul);
  • • Câmara de Vereadores de Garuva;
  • • Associação Empresarial de Garuva (ACIG)
  • • Câmara de Vereadores de Itapoá. 

Dentro da política de incentivo ao uso da delegacia virtual, algumas empresas também estão participando cedendo espaços reservados, para que seus colaboradores possam registrar o boletim. 

Qualquer pessoa acima de 18 anos de idade pode registrar seu boletim de ocorrência sem precisar sair de casa, através da delegacia virtual, pelo endereço delegaciavirtual.sc.gov.br

Os casos que não podem ser registrados online são homicídio, latrocínio, sequestro, extorsão mediante sequestro e furto e roubo de veículos e de cargas.