Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

98d0de3a 0979 402f abe8 6ddcbf306642

Nesta terça-feira (10), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), cumpriu um mandado de busca e apreensão em Joinville, na casa de integrantes de um grupo criminoso envolvido em furtos e adulteração de veículos.

Na residência, foi apreendido um veículo com sinais de adulteração, razão pela qual um dos investigados foi autuado em flagrante pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, previsto artigo 311 do Código Penal. A investigação continua para a identificação dos demais integrantes da associação criminosa.

 dicjllecarga

Em uma operação realizada na manhã desta segunda-feira (09), a Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de integrar uma quadrilha que praticaram um roubo de carga, em Joinville. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville.

As investigações se iniciaram em novembro de 2021, quando uma carga de relógios de luxo, avaliada em R$ 800.000,00, foi subtraída pelos criminosos. O crime aconteceu de dia, no bairro Distrito Industrial. No mesmo dia, parte da carga foi apreendida pela Polícia no bairro Vila Nova, em Joinville.

Com o avanço das investigações foi possível identificar a participação de quatro homens na prática do crime. Na manhã desta segunda-feira, a Polícia Civil obteve sucesso na captura de dois deles. Outros dois suspeitos seguem foragidos. Os mandados de prisão foram cumpridos nos bairros Parque Guarani e Boehmerwald.

Os quatro identificados possuem extensa ficha criminal por crimes como roubos, extorsões e sequestro. Os presos foram encaminhados à sede da DIC/PCSC de Joinville, onde foram interrogados e encaminhados ao Presídio Regional de Joinville.

 WhatsApp Image 2022 05 08 at 20.19.02

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville e da 2ª Delegacia Regional de Polícia, realizou uma operação na tarde de domingo (08) em um desmanche ilegal de veículos automotores, no bairro Jarivatuba, em Joinville. Houve prisão em flagrante.

Foram recuperadas uma Toyota/Hilux SW4 com registro de furto em Itajai, além de peças de outros dois veículos roubados. O local já vinha sendo investigado pelos policiais civis da DIC/PCSC de Joinville.

Um homem com ficha criminal foi preso em flagrante. Com ele, a Polícia Civil apreendeu documentos que demonstram que estaria extorquindo as vítimas dos veículos roubados e, em razão disso, foi autuado por receptação qualificada e extorsão.

Após os trabalhos de polícia judiciária, o homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

WhatsApp Image 2022 05 08 at 20.19.03

WhatsApp Image 2022 05 08 at 20.19.03 1

 

viaturas 1

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville, cumpriu dois mandados de prisão preventiva contra suspeitos de envolvimento em crimes sexuais contra adolescentes. As prisões ocorreram na sexta-feira (06), em Joinville.

Em Pirabeiraba, na estrada da Ilha, foi preso preventivamente um suspeito de estupro de vulnerável. O homem teria abusado da enteada em diversas situações, inclusive, teria mantido relações sexuais com ela.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido e o suspeito encaminhado à Delegacia de Polícia para interrogatório, oportunidade em que negou o crime. Após as providências legais, ele foi encaminhado ao presídio.

Também foi cumprido um mandado de prisão contra uma mulher, mãe de uma vítima e avó de outra vítima de estupro de vulnerável. De acordo com as investigações, a investigada acobertava o autor dos abusos e coagia às vítimas para não denunciarem.

O suspeito dos abusos já havia sido preso em abril de 2022. A prisão foi efetuada no bairro Bucarein. A suspeita foi encaminhado ao sistema prisional de Joinville, onde permanecerá à disposição da Justiça.

banner2

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville prenderam em flagrante por extorsão um homem de 24 anos, em Joinville, na quarta-feira (04).

O homem estava ameaçando divulgar fotos íntimas da mulher com quem teve relacionamento. Em troca, estava exigindo R$ 10.000,00. Entre as mensagens ameaçadoras, o homem utilizou imagens de arma de fogo, a qual já tinha mostrado a vítima em outra oportunidade.

No final da manhã de quarta-feira, quando a vítima informou que iria desistir da negociação, o suspeito falou que aquilo poderia custar a vida dela. A mulher encaminhou logo em seguida as mensagens à Polícia Civil, que o prendeu em flagrante em frente ao apartamento dela. A prisão foi efetuada no bairro Floresta, em Joinville. O investigado foi encaminhado à Central de Plantão.