Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

viatura sirene2

Na tarde de segunda-feira (02), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem indiciado por abuso sexual de duas meninas.

Segundo as investigações, o homem teria praticado o crime de estupro de vulnerável de forma reiterada, tendo por vítimas as próprias filhas. As condutas teriam sido praticadas na residência do suspeito, ao longo dos anos de 2015 a 2021.

O inquérito policial foi finalizado e o preso é réu em ação penal decorrente das investigações. O homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

banner1

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Homicídios de Joinville, prendeu uma pessoa identificada como suspeita pela participação na morte de um aposentado de 79 anos ocorrida no dia 9 de fevereiro, no bairro Adhemar Garcia, em Joinville. A prisão ocorreu na sexta-feira (29).

No decorrer da investigação, foram obtidos elementos que indicaram que a ação criminosa teve como objetivo o roubo do veículo da vítima.

A arma de fogo utilizada no crime foi apreendida em uma abordagem de rotina realizada pela Polícia Militar dias após o fato, tornando possível submetê-la a exames de comparação balística, que vincularam os suspeitos ao crime em investigação.

A prisão culminou na confissão de um dos suspeitos, que contou detalhes sobre o planejamento e da execução do crime. O suspeito pela autoria do disparo, no entanto, segue foragido.

e15e8e27 076b 45ae 8d22 49c5327f087f

Em Joinville, policiais civis da 3ª Delegacia de Polícia cumpriram nesta sexta-feira (29) um mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão contra um suspeito de roubo a residência praticado na zona sul de Joinville.

O investigado apresenta ficha criminal e, na ocasião do crime, portava uma faca e agrediu o morador que se encontrava no local.

A prisão ocorreu no bairro Morro do Meio. O preso foi conduzido à Central de Plantão Policial (CPP/PCSC) para interrogatório e indiciamento. Em seguida, foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

5144ac4d fd39 407f b19d c4d4265d457e

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia Civil de São Francisco do Sul, e o 27º Batalhão da Polícia Militar deflagraram a 2ª fase da operação “Stagnare”, com o objetivo de prender os principais suspeitos de homicídios ocorridos nos últimos meses em São Francisco do Sul.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão preventiva e três pessoas foram presas em flagrante delito. Também foram apreendidos cerca de R$ 20 mil, cerca de seis quilos de cocaína, 95 comprimidos de ecstasy, aproximadamente um quilo de maconha, um revólver .38, três simulacros de pistola, balança de precisão e munições.

A operação envolveu cerca de 40 policiais civis e militares. A ação contou com a participação do canil e de policiais de diversas unidades da Polícia Civil (1ª, 2ª, 3ª e 4ª DP de Joinville, Delegacia de Polícia de Araquari e Delegacia de Polícia de Balneário Barra do Sul).

O nome da operação, “Stagnare”, significa “estancar” em latim. Foi dado esse nome para a operação justamente porque ela tem como objetivo cessar a onda de crimes dolosos contra a vida.

As diligências iniciaram visando apurar a autoria de um dos delitos de homicídio ocorrido no início do ano e estenderam-se para a investigação de tráfico de drogas e organização criminosa.

1d28fb51 5a15 447c bbb0 2b8c18f48b5c

Na manhã desta terça-feira (26), policiais civis da Delegacia de Homicídios de Joinville (DH/PCSC) realizaram o cumprimento de ordens judiciais decorrentes de investigações de homicídios em investigação pela delegacia especializada.

Três locais nos bairros Boa Vista, Aventureiro e Jardim Paraíso, em Joinville, foram alvo da operação, culminando na localização de uma arma de fogo e na apreensão de um adolescente suspeito de vinculação a uma facção criminosa por crimes contra a vida registrados no bairro Jardim Paraíso.