Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2022 03 24 at 08.43.52

Na manhã desta quinta-feira (24), a Polícia Civil de Santa Catarina desencadeou a operação “Toca do Coelho” em Joinville visando cumprir 14 mandados de busca e apreensão e prisão preventiva contra membros de uma torcida organizada suspeitos de atos de violência ocorrido no último dia 20 de fevereiro em uma conveniência e supermercado, no bairro Aventureiro, em Joinville, Norte do Estado.

Esses atos de violência deixaram um homem gravemente ferido atingido com um barra de alumínio, chutes e socos. A emboscada contou com cerca de 30 integrantes de uma torcida organizada, que fez também mulheres e crianças vítimas da ação.

Nesta primeira etapa, foram identificados 13 homens. Nove mandados de prisão foram cumpridos. A operação foi realizada com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC), Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC), 1ª, 2ª, 3ª, 5ª, 6ª Delegacia de Polícia de Joinville, Delegacia de Polícia de São Francisco e Araquari, totalizando 52 policias civis envolvidos.

No decorrer das diligências, no dia 05 de março de 2022, integrantes da torcida investiram contra uma viatura descaraterizada e agentes que realizavam campana na proximidade da sede da torcida, no bairro Bucarein, sendo que 05 homens foram presos em flagrante na época por dano ao patrimônio público e lesão corporal contra três policiais civis.

Os mandados foram expedidos pela Vara do Tribunal do Júri. Os suspeitos respondem por tentativa de homicídio.

jlle operaçãotorcida

WhatsApp Image 2022 03 24 at 08.43.52 1

WhatsApp Image 2022 03 24 at 10.02.07 1

 

brasao

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville, cumpriram um mandado de prisão preventiva contra um homem 49 anos, em Joinville. O motivo foi o descumprimento de medidas protetivas. A prisão ocorreu nesta terça-feira (22).

Segundo as investigações, apesar de ter ciência das medidas protetivas que determinavam o afastamento da vítima, o investigado invadiu o salão de beleza da ex-companheira e a agrediu em frente a uma cliente. Constatadas as lesões, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva, que foi deferida pelo Judiciário.

A prisão foi efetuada no bairro Boa Vista, em Joinville e o investigado encaminhado ao sistema prisional de Joinville, onde permanecerá à disposição da Justiça.

COLETE DIC PB

Na segunda-feira (21), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville, cumpriu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de integrar uma quadrilha especializada em arrombamentos a agências bancárias, em Joinville.

O homem vinha sendo investigado desde novembro do ano passado por uma série de arrombamentos a agências bancárias. Durante o cumprimento das buscas, foram apreendidas ferramentas utilizadas para arrombar caixas eletrônicos e alguns objetos furtados de um estabelecimento comercial. O homem foi preso também em flagrante delito pelo crime de receptação e foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

banner4

Na segunda-feira (21), a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de ter abusado sexualmente de um adolescente de 13 anos. A ação é da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville.

Segundo as investigações, o homem teria utilizado argumentos de cunho religioso para se aproximar do adolescente e levá-lo a praticar atos libidinosos com o indiciado de forma reiterada.

O homem, de 29 anos, é réu na ação penal decorrente das investigações. Ele foi preso no bairro Iririú, submetido a exame médico-legal e encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

 itapoa

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia de Itapoá, e a Polícia Militar, desarticulou uma organização criminosa suspeita de tráfico de drogas e diversos roubos ocorridos nas últimas semanas, em Itapoá. Os trabalhos ocorreram na segunda-feira (21).

Após diligências sobre uma residência suspeita de armazenar drogas e objetos roubados, dois veículos foram abordados ao deixarem o local. Em um dos veículos havia dinheiro e objetos roubados.

Dentro da residência foram encontrados droga (maconha, crack e cocaína), dinheiro e diversos objetos roubados nas últimas semanas em Itapoá.

Na residência estavam quatro homens e uma mulher. Nas últimas semanas, houve mais de 14 crimes, entre roubos e furtos, em Itapoá, sendo que em vários roubos as vítimas foram amarradas e mantidas sob a posse de assaltantes.

Quatro pessoas foram presas em flagrante e conduzidas à Delegacia de Polícia Civil de Itapoá para as providências cabíveis.