Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

9a5274f4 a001 4599 85be dc9507e22467

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca em investigação de roubo de cargas visando a apreensão de documento falso. Foi nesta sexta-feira (18), em Joinville.

A ação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC/PCSC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

Após a constatação de que um motorista de cargas estava fazendo uso de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com dados de categoria adulterados, foi representado pela medida cautelar de busca e apreensão, que foi deferida.

O referido motorista teve uma carga de vergalhão subtraída recentemente e está sendo investigado como possível participante no crime.

Durante o cumprimento das buscas, foram apreendidos o documento falso, R$ 18.500 e objetos que serão analisados.

De acordo com o Delegado de Polícia Osnei Valdir de Oliveira, as investigações prosseguem com a realização de perícia e demais diligências, visando identificar e responsabilizar criminalmente os envolvidos no roubo.

Denúncias e informações relacionadas a Roubo de Cargas podem ser encaminhadas para o e-mail roubosdecargas-deic@pc.sc.gov.br ou no telefone (48) 3665-9500, bem como pelo aplicativo WhatsApp (48) 98844-0011 ou disque-denúncia 181 da Polícia Civil, sendo garantido o anonimato.

23893c96 4de2 4450 b5c9 e566efec7e3c

viatura6

A Polícia Civil cumpriu na tarde de quarta-feira (16) um mandado de prisão temporária contra um homem suspeito de um roubo a veículo, em Joinville. O crime ocorreu em maio, no bairro Costa e Silva. A ordem judicial foi cumprida por policiais da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville.

Após troca de informações entre as forças policiais, a Polícia Civil identificou o suspeito que possui ficha criminal. Ele já havia sido indiciado pela Polícia Civil por outro roubo cometido em março deste ano contra uma loja conveniência de bebidas, também no bairro Costa e Silva. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Joinville, onde permanecerá à disposição da Justiça.

24f3d251 8f1d 4387 a023 dd39e2608bb9

A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira (15) uma operação com o objetivo de coibir o comércio ilícito de animais silvestres. A ação foi da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville.

Foram apreendidos 12 animais da fauna silvestre ilegalmente capturados na natureza. A ação foi realizada no bairro Vila Nova. Um homem foi preso e indiciado em inquérito policial por caça ilegal. Os animais silvestres apreendidos serão submetidos a regular triagem por profissionais para reabilitação e restituição ao meio ambiente.

 jllebanco

Na manhã desta terça-feira (15), a Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Civil de São Paulo desencadearam uma operação em Joinville para prender suspeitos de integrarem uma associação criminosa especializada em roubos e furtos a bancos pelo País.

A investigação é realizada em conjunto por policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) e policiais civis de SP. O objetivo é cumprir três mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão. Três homens foram presos.

A investigação se iniciou em 2019 após a quadrilha praticar crimes na cidade de Presidente Venceslau, em São Paulo, como o arrombamento de um caixa eletrônico na Prefeitura daquele município. Parte do grupo foi identificado por policiais civis da DIC de Joinville, pois os criminosos já haviam sido presos anteriormente pelos mesmos crimes.

Após representações da Polícia Civil, o Poder Judiciário de SP decretou as prisões temporárias dos investigados, os quais foram presos em Joinville, nos bairros Guanabara, Aventureiro e Comasa.

Diversas ferramentas utilizadas nos crimes foram apreendidas. Após serem interrogados, os presos foram encaminhados ao Estado de São Paulo.

WhatsApp Image 2021 06 15 at 07.17.22

 asasdasdasdasd

Uma ação da Polícia Civil resultou na apreensão de quase uma tonelada de drogas, no bairro Vila Nova, na noite de segunda-feira (14), em Joinville. A investigação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville.

A carga em sua grande maioria é de maconha, mas também há cocaína na apreensão, e estava escondida em uma residência. Um homem de 25 anos foi preso. Segundo o Delegado de Polícia Rafaello Ross, a investigação monitorava ação de integrantes de uma facção criminosa que atua em Santa Catarina.

A suspeita é que os entorpecentes tenham vindo do Paraguai e teriam como destino Joinville e municípios da região.

asasdasd