WhatsApp Image 2022 01 11 at 18.49.45

Na segunda-feira (10), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Mafra, indiciou dez pessoas por crimes cometidos contra a Prefeitura de Mafra. A ação faz parte da operação "Hora Extra", que envolve crimes de estelionato contra a administração pública, corrupção passiva e ativa, falsidade ideológica e associação criminosa.

O inquérito policial foi instaurado para a apuração de um esquema de falsificação de registros de horas máquinas de dez caminhões e seis retroescavadeiras em um contrato de prestação de locação de horas máquinas de retroescavadeira, escavadeira hidráulica e de caminhões traçados.

Os serviços eram destinados à manutenção das estradas do município de Mafra. O contrato foi realizado através das Secretarias de Obras e Serviços Públicos, firmado por sociedade empresarial e pela Prefeitura Municipal de Mafra, no ano de 2019.

Durante o procedimento policial, foram realizadas buscas e apreensões e prisões preventivas dos envolvidos, bem como análise de documentos apreendidos e laudos de equipamentos eletrônicos. Os autos do inquérito policial foram enviados ao Ministério Público.