Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

COLETE TRÁS

A Polícia Civil capturou um homem por descumprimento de medida protetiva de urgência decretada pelo Judiciário em proteção à sua ex-companheira, em Palhoça, na Grande Florianópolis. A ação é de policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Palhoça e ocorreu na quarta-feira (28).

Os policiais civis cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. A vítima solicitou medidas protetivas após ter sido ameaçada pelo seu ex-companheiro. No entanto, mesmo ciente das restrições, ele continuou a lhe perseguir e ameaçar, inclusive alegando estar na posse de uma arma de fogo.

Na oportunidade também foi dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão na residência do investigado. Porém, nada de ilícito foi encontrado. Após prestar declarações sobre os fatos, o preso foi encaminhado ao sistema prisional.

COLETE TRÁS

A Polícia Civil prendeu um homem de 36 anos por homicídio qualificado praticado em Palhoça, na Grande Florianópolis. A prisão ocorreu na manhã desta segunda-feira (19), em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul.

O crime ocorreu no dia 09/07/2021, quando um homem de 20 anos foi morto, no bairro Guarda do Cubatão, em Palhoça. A Polícia Civil apurou que o crime teria sido motivado por uma discussão em torno das regras de uma modalidade competitiva conhecida por prova do laço, comum em rodeios.

A investigação é da Delegacia de Polícia da Comarca de Palhoça. A prisão foi realizada por policiais civis da 12ª Delegacia de Polícia Regional do Interior de Santana do Livramento (RS).

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Palhoça após representação do Delegado de Polícia de Palhoça, diante da investigação a respeito do caso, que com a prisão está esclarecido.

Nos próximos dias, o inquérito policial será remetido ao Poder Judiciário para a apreciação. O homem permanece preso à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2021 07 16 at 17.34.38

A Polícia Civil concluiu inquérito policial e indiciou 125 pessoas em investigação voltada a apurar crimes de compor organização criminosa. A conclusão do inquérito ocorreu em 08/07/2021 pela Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Palhoça.

A ação é resultado da Operação “Argos” desencadeada em 20.05.2021 em 16 municípios nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rondônia para cumprimento de 124 mandados de prisão temporária e 57 mandados de busca e apreensão em residências.

O inquérito policial foi remetido ao Poder Judiciário da Vara Metropolitana da Capital. Em 14/07/2021, o Ministério Público denunciou 110 indiciados e em 15/07/2021 o Poder Judiciário da Vara Metropolitana da Capital, ao aceitar a denúncia, expediu 98 prisões preventivas contra os investigados.

Veja a matéria sobre a operação.

municoespalhoca

Em Palhoça, a Polícia Civil apreendeu 150 munições de calibre .22 e prendeu em flagrante um homem. Foi na tarde de sexta-feira (09), na BR-101, pela Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Palhoça.

Os policiais abordaram um veículo. Após a condução do automóvel para a DIC/PCSC de Palhoça, houve o acionamento do K9 da Polícia Militar para auxiliar nas buscas. O cão de faro ao adentrar no automóvel localizou as 150 munições escondidas em meio aos bancos. As investigações continuam.

palhoca prisao

banner3

Policiais civis capturaram no sábado (10) um homem de 32 anos foragido da Justiça do Rio Grande do Sul. A prisão aconteceu em Palhoça, em via pública, no bairro Rio Grande. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC).

O homem apresentou falsa identidade e insistiu em informar dados pessoais inverídicos aos policiais civis. Entretanto, foi descoberta a sua verdadeira identidade. Havia contra ele mandado de prisão por sentença condenatória definitiva pela Vara de Execuções Criminais Regional de Santa Maria/RS.

O preso possuía antecedentes policiais no RS por crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e disparo de arma de fogo.