banner1

A Polícia Civil deflagrou na noite da última sexta-feira (3) a operação Herança Maldita e esclareceu o homicídio de um borracheiro de 53 anos, crime ocorrido no interior da cidade de Porto União, em agosto deste ano. Cinco suspeitos de envolvimento no crime foram presos. A ação foi realizada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Porto União.

O crime aconteceu no dia 2 de agosto quando a vítima foi atraída até um local ermo, no interior de Porto União, a pretexto de consertar um pneu. Ao chegar no local o borracheiro foi atingindo com disparos de arma de fogo na cabeça. Socorrido, a vítima veio óbito uma semana após os disparos.

As investigações iniciaram na sequência e foram concluídas nesta sexta-feira com a prisão dos cinco suspeitos. A Polícia Civil checou a existência de três grupos, divididos entre mandantes, executores e uma pessoa que intermediou o crime. As prisões ocorreram nas cidades de Caçador, Calmon e Porto União.

O nome da operação faz referência a disputa patrimonial, o que motivou a morte da vítima. Com a elucidação deste crime a Polícia Civil mantém 100% de resolução nos crimes contra a vida, na cidade de Porto União. Após os procedimentos cartorários os presos foram encaminhados para a Unidade Prisional Avançada onde permanecem a disposição da Justiça. Participaram da operação 25 policiais civis das Delegacias Regionais de Porto União e de Caçador.