Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2020 09 18 at 09.53.57

A Polícia Civil identificou os autores do crime de furto de um cachorro da raça Bull Terrier, ocorrido no dia 11/09/2020, em São José. Na ocasião, os autores subtraíram o animal do quintal da casa da vítima e, horas depois, o devolveram. A ação é do Setor de Investigação Criminal da 2ª Delegacia de Polícia de São José.

A equipe de investigação conseguiu a identificação através dos veículos utilizados nos fatos. Na manhã de quinta-feira (17), em diligências no Morro do Caju e no Morro da Queimada, em Florianópolis, com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE), os policiais civis do SIC da 2ª DP confirmaram a identificação dos autores do crime. O procedimento policial será concluído no prazo legal e encaminhado ao Judiciário.

bull terrier

 WhatsApp Image 2020 09 18 at 08.32.01

Na manhã desta sexta-feira (18), a Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Biguaçu.

Os mandados judiciais são decorrentes de investigações de homicídio iniciadas há três meses. De acordo com o Delegado de Polícia Rodrigo Dantas, esse é o quarto homicídio elucidado de maneira sequencial, e com esta operação, a Delegacia de Polícia da Comarca de Biguaçu contabiliza sete prisões e duas apreensões de adolescentes nos últimos 30 dias.

Os presos são integrantes de facção criminosa que atua no Estado. Um deles é responsável direto por homicídios ocorridos na Grande Florianópolis. Conforme o delegado, o investigado se "promoveria" entre a criminalidade como suposto faixa-preta, maior graduação entre as artes marciais. Em função dessa peculiaridade a Operação foi denominada “Oss”, que representa uma saudação utilizada entre os praticantes de artes marciais.

WhatsApp Image 2020 09 18 at 07.18.02 3

 dicsjose1

Cerca de 100 policiais civis da Grande Florianópolis realizaram na manhã desta quinta-feira (17) a Operação Héracles em São José, em combate às organizações criminosas que atuam no município.

A ação foi efetuada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) desde as primeiras horas da manhã para cumprir 21 mandados de busca e sete mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça, em São José. O objetivo é desarticular o crime organizado da região. A investigação durou quatro meses.

A Operação Héracles, nome que faz referência ao herói da mitologia grega que derrotou Hidra de Lerna (serpente com corpo de dragão com 9 cabeças), teve o apoio de diversas unidades da Polícia Civil da região como a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) e o Canil K 9 da Capital e São Lourenço do Oeste.

Oito prisões

Até por volta do meio-dia, a operação havia realizado oito prisões, sendo seis decorrentes de mandados de prisão e duas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Foram apreendidas armas, drogas e anotações para o tráfico. “As investigações vão continuar. O combate ao crime organizado é uma das prioridades desta delegacia especializada”, afirmou o Delegado de Polícia Willian Salles.

WhatsApp Image 2020 09 17 at 06.40.51 2

dicsaojose2

dicsj

WhatsApp Image 2020 09 16 at 16.38.34

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São José, recapturou dois foragidos da Justiça. Os mandados de prisão foram cumpridos na tarde de terça-feira (15) após investigação que resultou na localização e na prisão dos dois sentenciados. Eles foram transferidos para o sistema prisional.

Erval Velho

No Meio-Oeste, a Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joaçaba, recapturou, na manhã de terça-feira (15), um dos três foragidos do Presídio de Joaçaba. O homem foi capturado em Erval Velho. Ele é natural de Caçador e tem 18 anos.  A fuga dele e de outros dois detentos foi na quinta-feira (10).

WhatsApp Image 2020 04 08 at 09.36.54 1

A Polícia Civil recuperou nesta terça-feira (15) dois cachorros da raça yorkshire que haviam desaparecido na quinta-feira (10) da semana passada, no bairro Picadas do Sul, em São José.

A Polícia Civil localizou os animais no Bairro Brejaru, em Palhoça, em duas residências diferentes, com base em informações referentes ao veículo que teria sido visto pegando os cães. As pessoas que estavam com os animais alegaram que os encontraram na rua, perguntaram pelo dono e como não conseguiram localizar, para não deixá-los na rua, os levaram para casa.

Os cães foram devolvidos para a legítima dona. Foi instaurado um procedimento específico na 1ª Delegacia de Polícia de São José para esclarecer as circunstâncias dos fatos.

A ação é de policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC), do Setor de Investigação Criminal (SIC) da 1ª Delegacia de Polícia de São José e do Setor de Investigação Criminal (SIC) da 3ª Delegacia de Polícia da Capital.