Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

01e707f9 9fdd 4ac3 85ce 7350bf2b4b1d 1

A Polícia Civil começou nesta sexta-feira (24) mais uma etapa do processo de retirada de veículos apreendidos para a limpeza dos espaços, em delegacias de polícia. Desta vez, os trabalhos são realizados na Central de Plantão Policial (CPP/PCSC) de São José, no bairro Barreiros, na Grande Florianópolis.

Segundo o delegado regional de polícia de São José, Manoel Galeno, a ação com o guincho começou na manhã desta sexta-feira e a retirada dos veículos para a limpeza do espaço deverá se estender até a próxima semana. Os carros recolhidos estão sendo encaminhados para o complexo da Polícia Civil no bairro Areias, em São José.

Na semana passada, a etapa de retirada e limpeza dos espaços foi efetuada em pátios da Central de Plantão Policial de Florianópolis, no bairro Trindade e da Academia de Polícia Civil (Acadepol/PCSC), em Canasvieiras.

Na etapa seguinte, os veículos serão avaliados para que seja dada a correta destinação, por meio da Comissão de Destinação de Veículos Apreendidos (CDVA/PCSC).

420c1ea4 02bf 4b06 97a1 daf02f52847c

banner3

Na tarde desta terça-feira (21), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de São José, na Grande Florianópolis, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem que teria praticado o delito previsto no artigo 24-A da Lei 11.340/06 (descumprimento de medida protetiva). A prisão ocorreu em São José.

O suspeito se encontrava em liberdade condicional pelo homicídio da própria mãe. Após diversas ameaças de morte contra a companheira de seu genitor, o homem foi cientificado das medidas protetivas de urgência, porém, descumpriu a decisão judicial, perseguindo a vítima em seu ambiente de trabalho e lhe proferindo ameaças de morte.

Após a conclusão dos procedimentos pela DPCAMI/PCSC, o preso foi encaminhado à Casa do Albergado da Capital, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

94ff15b2 2f51 4a0b 81e3 86be988bda8e

Nesta quarta-feira (15), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Investigações dos Crimes contra a Fazenda Pública (DFAZ) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), cumpriu um mandado de busca e apreensão em São José, na Grande Florianópolis. O motivo que gerou a ordem judicial foi uma denúncia de comércio de tênis sem o devido recolhimento de tributo.

Durante o cumprimento foram apreendidos mais de mil pares de tênis sem comprovação de origem e documentação fiscal. Na ocasião, foram apreendidos também documentos e a quantia de R$ 43 mil em dinheiro.

O material apreendido será encaminhado para a Secretaria da Fazenda para calcular o valor de tributo sonegado. As investigações prosseguem.

SDSDADSADSADSADS

20dada9a 6ec9 4d30 bf60 8fbadb431617

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Civil realizou uma operação e cumpriu mandados de busca e apreensão em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Droga e munições foram apreendidas e um homem foi preso em flagrante.

A investigação é da Delegacia de Combate às Drogas da Capital (DECOD/PCSC), que contou com o apoio na ação da Coordenadoria de Operações Policiais com Cães (COPC/PCSC).

Durante as diligências, foram localizados pelo cão farejador Darth, no interior do armário de roupas do quarto do homem, cerca de 1 kg de maconha e 27 munições de calibres variados. Diante do estado de flagrância em que se encontrava o investigado, ele foi conduzido até a DECOD/PCSC para a lavratura dos procedimentos legais.

WhatsApp Image 2022 06 09 at 09.38.15

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de São José, na Grande Florianópolis, cumpriu nesta quinta-feira (09) as prisões preventivas de três homens suspeitos de atuarem como agiotas, que emprestavam dinheiro a juros de 15% a 20% ao mês.

Houve o apoio de todas as unidades policiais da Delegacia Regional de Polícia de São José e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC).

Segundo a apuração, havia ameaças às vítimas com armas de fogo para o pagamento, tomando seus bens como forma de quitação em valores muito superiores às dívidas.

Além das prisões, foram cumpridas buscas em cinco endereços. Foram apreendidos uma pistola Taurus 9mm com diversas munições do mesmo calibre, uma munição calibre .380, R$ 15.000, três veículos e documentos diversos destinados ao aprofundamento das investigações.

Os três presos foram encaminhados à Penitenciária da Capital, onde aguardarão decisão judicial.