Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 deipcscrspr

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou uma ação conjunta com as Polícias Civis do Rio Grande do Sul e do Paraná em combate a um grupo criminoso com atuação interestadual em furtos e roubos de cargas.

Na terça-feira (15), foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão expedidos pela Justiça em Curitiba (Paraná) e em Uruguaiana (Rio Grande do Sul). As buscas ocorreram nas residências dos investigados, em uma transportadora em Uruguaiana e em um comércio de bebidas de Curitiba. Foram apreendidos documentos, dispositivos eletrônicos e dinheiro.

A ação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DFRC/DEIC) da Polícia Civil catarinense, com o apoio da DRACO da Polícia Civil de Uruguaiana e da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da PCPR. A análise do material apreendido será realizada pela Polícia Civil de SC.

Havia uma comunicação, no dia 02/07/2020, de roubo de uma carga de vinhos do Chile avaliada em R$ 300 mil, que teria ocorrido em Blumenau. Segundo o delegado Osnei Valdir de Oliveira, houve investigação para averiguar os fatos e responsabilizar os envolvidos.

No dia 10/07/2020, policiais civis de SC e PR recuperaram a carga roubada de vinho em Curitiba. Na ocasião, foi preso em flagrante um empresário do ramo de bebidas. Em continuidade às investigações foi possível identificar os demais envolvidos no crime. Constatou-se que não ocorreu o roubo da carga e sim uma simulação.

O motorista que participou do crime de furto e realizou a falsa comunicação de crime – contra quem foi expedido mandado de prisão – foi preso no curso das investigações na Argentina, flagrado na posse de 765 quilos de maconha.