Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 logopc

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (24) o homem suspeito de ser o autor do homicídio qualificado ocorrido na madrugada de domingo, em Ituporanga. A prisão foi na localidade de Chapadão Unida, em Imbuia.

A ação é da Delegacia de Polícia da Comarca de Ituporanga, com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), das Delegacia de Polícia dos Municípios de Vidal Ramos, Imbuia e Atalanta.

As investigações tiveram início logo após o crime, quando a Polícia Civil, a Polícia Militar, peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) e o Instituto Médico Legal (IML) foram ao local dos fatos a fim de levantar informações sobre o caso.

O homicídio ocorreu por volta das 03hs, no bairro Cerro Negro. O suspeito é um homem de 18 anos que usou uma tesoura para desferir diversos golpes na vítima, um homem de 22 anos com quem morava e trabalhava na colheita de cebola. O motivo do crime teria sido o fato de a vítima ter danificado a motocicleta do suspeito. Na sequência, o autor se dirigiu a uma casa vizinha e roubou a motocicleta de outro colega de trabalho para fugir do local. O veículo foi recuperado ainda no dia do crime pela Polícia Civil.

A Polícia Civil realizou a investigação e representou pela prisão preventiva do suspeito na tarde de segunda-feira (23), analisada pelo Ministério Público e deferida pelo Judiciário. O suspeito está no presídio de Ituporanga, onde permanecerá à disposição da Justiça.

POLICIA CIVIL COLETE TRÁS

A Polícia Civil cumpriu a prisão preventiva de um homem expedida pela Justiça por feminicídio. Foi na segunda-feira (23), em Joinville.

O crime ocorreu no dia 22/11/2020, no bairro Vila Nova.

A prisão foi realizada por policiais civis da Delegacia de Homicídios (DH). Segundo o Delegado de Polícia Dirceu Silveira Júnior, a Polícia Civil representou pela prisão do investigado junto à Vara do Tribunal do Júri, que foi decretada e cumprida. O inquérito policial segue em andamento para as diligências restantes.

WhatsApp Image 2020 11 24 at 08.17.43

A Polícia Civil prendeu um homem de 43 anos em flagrante por extorsão. Foi na segunda-feira (23), no bairro Paranaguamirim, em Joinville.

A prisão foi realizada pela Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI).

Os policias civis atenderam a vítima que relatou que um homem estaria exigindo dinheiro para não divulgar suas fotos íntimas. Desta forma, os policiais acompanharam a vítima e conseguiram abordar o investigado no momento do pagamento da quantia exigida. A Polícia Militar foi acionada, em virtude da resistência do homem. Contra o homem havia mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Joinville.

 desap

No sábado (21), a Polícia Civil participou de uma mobilização conjunta do programa Conecta, na cabeceira da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis.

O objetivo foi captar familiares de pessoas desaparecidas. Pela Polícia Civil, estiveram no local policiais civis da Delegacia de Pessoas Desaparecidas. O evento foi organizado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP).

No Dia “D”, foram oferecidos os seguintes serviços: coleta de materiais e informações necessárias para posterior confecção de imagem, com a finalidade de representar a progressão de idade da pessoa desaparecida; entrevista antropológica; coleta de material biológicos dos familiares; cadastro de desaparecidos e rede de apoio aos familiares.

Programa Conecta

O programa tem como objetivo a captação de familiares de pessoas desaparecidas para coleta de material biológico e inserção dos seus perfis genéticos no Banco Estadual de Perfis Genéticos de Santa Catarina (BPG/SC), em paralelo à criação de um banco unificado contendo os dados biométricos, antropológicos e odontolegais dos desaparecidos.

WhatsApp Image 2020 11 23 at 15.25.08 1

WhatsApp Image 2020 11 23 at 15.25.08 2

 

 asdasdrrr

A Polícia Civil realizou a 2ª fase da Operação “Língua Solta”, em Içara, no Sul do Estado, e cumpriu cinco mandados de prisão preventiva e outros sete mandados de busca e apreensão. Foi na sexta-feira (20). A ação teve como objetivo combater o tráfico de drogas na região. Na primeira fase a Polícia Civil apreende três toneladas de maconha.

Nesta 2ª fase o objetivo era a prisão das principais lideranças do tráfico de drogas na cidade e a apreensão de parte do patrimônio dos suspeitos. Em função disto foram apreendidos dois carros de luxo e uma carretinha de som avaliada em mais de R$ 200 mil. Duas pessoas também foram presas por suspeita de envolvimento com o grupo criminoso.

No cumprimento de um dos mandados de busca uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas. A operação contou com apoio de policiais civis da Delegacia de Polícia de Balneário Rincão, 1ª DP de Criciúma, Delegacia de Polícia de Urussanga e Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma.