Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

brasao

Na manhã desta segunda-feira (20), a Polícia Civil de Santa Catarina participou de uma reunião entre os Diretores de Ensino e Pesquisa das instituições de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina e o Diretor de Ensino e Pesquisa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Magno Teixeira Fonseca, para apresentar os trabalhos realizados pela Diretoria do Ministério e conhecer as principais demandas das Instituições de segurança estaduais.

O Gerente de Planejamento da Polícia Civil, Delegado de Polícia Gustavo Madeira, e o Gerente de Pesquisa e Extensão da Acadepol, Delegado de Polícia André Bermudez, representaram a Polícia Civil no encontro.

“Na ocasião, foi possível realizar o alinhamento de vagas para cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado, que serão gerenciados em conjunto com o Ministério da Justiça e a Acadepol, quando falamos no âmbito da Polícia Civil. Além disso, há previsão de seminários que devem ser promovidos em parceria entre as instituições”, destacou o delegado Bermudez.

Entre os participantes do encontro, esteve presente representando o Diretor de Gestão, Jonatas José Santos Silva; psicólogo policial civil mobilizado Ministério da justiça e segurança pública, Antônio Carlos José Britto; representando o Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, o Perito-Geral do Instituto Geral de Perícias de SC, Giovani Eduardo Adriano; o Perito-Geral Adjunto do IGP/SC, Júlio Freiberguer; o Diretor da Academia de Perícias IGP/SC, perito criminal Rogerio de Medeiros Tocantins, o Sub-Diretor de Instrução e Ensino do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, tenente coronel Jesiel Maycon Alves; e o Chefe da Divisão de Ensino da Polícia Militar de Santa Catarina, tenente coronel Alfredo Schuch.

74cec76e b766 429b 94a3 f04e0f41f29a 1

Na manhã desta segunda-feira (20), o novo delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Laurito Akira Sato, realizou um encontro com os gestores de diversos setores da instituição. A reunião teve como objetivo principal a apresentação das expectativas e o alinhamento dos trabalhos para a nova gestão.

“Esse convite de assumir a delegacia-geral da Polícia Civil é uma honra. Eu estou aqui no estado há 15 anos, mas eu tenho outros anos de experiência fora, e, com isso, eu já acumulo quase 23 anos de polícia. Acredito que fui escolhido pelo meu histórico técnico e pelos os trabalhos que eu desempenhei anteriormente. Venho para cá com muita vontade de trabalhar e quero fazer o meu melhor”, destacou o delegado-geral.

Delegado Akira Sato sucede o Delegado Paulo Koerich

O delegado-geral foi nomeado, na última quinta-feira (16), pelo governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés, e entra na função que antes era exercida pelo delegado Paulo Koerich.
Na tarde desta segunda-feira, o delegado Akira Sato se reuniu com o delegado Paulo Koerich, que desejou sucesso ao seu sucessor. “Eu me despeço da direção-geral da Polícia Civil com a sensação de dever cumprido e desejo sucesso ao novo delegado-geral. Não posso deixar de agradecer a todos os policiais civis que trabalharam com eficiência e dedicação durante o tempo em que eu estive à frente da Instituição. Desejo que todos nós continuemos trabalhando para uma Polícia Civil mais forte e para o bem da população catarinense”, destacou o delegado Koerich.

b4ea21c7 0fb6 4aba 8663 2d7ca6698a65

Breve currículo do Delegado Akira Sato

O novo delegado-geral, Laurito Akira Sato, tem larga experiência na Polícia Civil. Antes de se tornar delegado em Santa Catarina, Akira Sato já foi Investigador Policial em São Paulo. Ele é Delegado de Polícia aqui no estado desde o ano de 2006, e, atualmente, é Delegado de Polícia de Entrância Final.

Entre outras funções, o novo delegado-geral já foi diretor da Academia de Polícia de Santa Catarina (de 2017 a 2018) e da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (de 2012 a 2015), além de delegado regional de Polícia em Joinville (de 2015 a 2017). Até então, o delegado Akira desempenhava a função de coordenador da Central de Polícia da Capital.

4cf93604 ebf9 4a46 a3a7 e12d339769ea

 

Logo Fundo preto

É com profundo pesar que a Polícia Civil de Santa Catarina comunica o falecimento do Delegado de Polícia aposentado, Edson Antunes Jacques, ocorrido no domingo (19).
Edson foi Delegado Regional de Ituporanga de 2004 a 2017. O corpo foi velado na capela mortuária Santa Rita, centro de Ituporanga, na manhã desta segunda-feira (20) e está sendo transladado para o crematório Angelus, na cidade de Joinville.
Nossos sentimentos aos familiares, amigos e colegas e o agradecimento pela dedicação e pelos serviços prestados pela Polícia Civil de Santa Catarina.

WhatsApp Image 2021 09 19 at 15.01.29 1

No domingo (19), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Joinville, prendeu um ladrão de banco que estava foragido do presídio de Novo Hamburgo desde 2020. O homem de 47 anos é autor de diversos arrombamentos a bancos no país e tem outros dois mandados de prisão em aberto, expedidos pelo Poder Judiciário dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Além dos crimes patrimoniais, o preso é investigado pelo crime de lavagem de dinheiro. Estima-se que, somente ele, nos últimos anos, tenha subtraído aproximadamente R$ 2 milhões de reais.

O homem foi localizado em um apartamento próximo à praia, na cidade de Barra Velha, onde, mesmo foragido, ele costumava fazer passeios de lancha e jet-ski. Com o investigado foram apreendidas ferramentas para a prática dos crimes, além de dois veículos automotores.

Logo após a prisão, o homem foi conduzido para a sede da DIC, interrogado e encaminhado ao Presídio Regional de Joinville.

banner3

Na tarde desta sexta-feira (17), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Repressão a Roubos e da Divisão de Investigação Criminal de Criciúma, efetuou a prisão preventiva de um homem, de 20 anos de idade, pelo crime de roubo a uma farmácia, no centro de Criciúma.

Na ocasião do crime, praticado no mês passado, houve a subtração de dinheiro do caixa. A equipe de investigação identificou o suspeito e foi requerida sua prisão. Nesta sexta-feira, o homem foi localizado pelos investigadores , encaminhado ao presídio e permanece à disposição da Justiça.