Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2021 01 20 at 13.03.57

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (20) dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em investigação que apura estelionato no meio virtual. A ação identificou suspeito que teria realizado compras fraudulentas em um site de compras.

A investigação apurou que, desde 2019, o suspeito realizou compras pela internet com a utilização ilegal de um cupom de descontos, o qual gerou à empresa responsável pelo site um prejuízo estimado em R$ 140.000,00.

As compras variavam de aparelhos celulares a eletrodomésticos, porém, a conduta era sempre a mesma: o suspeito realizava compras no valor um pouco acima do cupom de desconto e pagava apenas uma diferença irrisória pelos produtos, realizando essa operação por diversas vezes.

Nesta quarta-feira foi realizada a operação para o cumprimento das ordens judiciais. Em ambos os locais foram encontrados objetos oriundos do crime cometido, os quais foram recolhidos e apreendidos. Em uma das casas ainda foram encontradas, no interior de um dos veículos estacionados no pátio, 238 unidades de um medicamento veterinário injetável, que foram apreendidas para apuração da origem.

A ação foi coordenada pelo Delegado de Polícia William Testoni Batisti e contou com a participação dos policiais civis da Delegacia de Laguna, Divisão de Investigação Criminal (DIC) e Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Laguna.

WhatsApp Image 2021 01 20 at 13.03.59

 itajai

A Polícia Civil prendeu em flagrante dois homens suspeitos de pertencer a uma organização criminosa atuante no Estado. Com eles foram apreendidos arma, munições, drogas, dinheiro e animais silvestres. Também foi esclarecido um roubo em Brusque e recuperado o objeto do crime. A prisão aconteceu na tarde de terça-feira (19) e foi feita por policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí com o apoio da DIC de Brusque.

As prisões aconteceram no bairro Promorar, em Itajaí, onde os faccionados possuíam um ponto de comercialização de drogas e agiam coordenando o grupo criminoso no bairro.

Durante as buscas na residência foram presas duas pessoas que compareceram no local, de Brusque, a fim de adquirir entorpecentes dos investigados.

Essas pessoas foram inquiridas e relataram que foram no local para adquirir drogas, inclusive, que já haviam comprado drogas (crack e cocaína) outras vezes. Após a prisão em flagrante e a apreensão do material, ambos foram encaminhados para o Presídio de Itajaí.

WhatsApp Image 2021 01 20 at 09.38.00

WhatsApp Image 2021 01 19 at 18.56.22

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de ter praticado um roubo e de ter deixado a vítima amarrada nas margens da BR-101, em Laguna, Sul do Estado.

A ação foi na terça-feira (19) e contou com a participação de policiais civis da Delegacia da Comarca de Laguna e da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI).

Segundo o Delegado de Polícia William Testoni Batisti, o roubo aconteceu na madrugada de 13 de janeiro. A vítima saía do trabalho quando foi abordada pelo suspeito. O homem colocou uma arma de fogo em sua cabeça e exigiu dinheiro e celular. Ele entrou no veículo dela e determinou que dirigisse em direção à Ponte Anita Garibaldi.

Na Ponte, exigiu que a vítima saísse do veículo, amarrou-a pelos braços e saiu com o veículo do local, abandonando o carro depois. A Polícia Civil investigou o crime e identificou o suspeito, morador de Laranjeiras, em Pescaria Brava.

Na terça-feira, após a expedição do mandado de busca e apreensão pela Justiça, a Polícia Civil foi a casa do suspeito e apreendeu a arma de fogo utilizada no roubo, um revólver calibre .22, da marca Rossi, com seis munições intactas. Em razão do flagrante da posse de arma e das munições sem registro, o suspeito foi autuado e transferido para a unidade prisional.

 indaialprisao

Em ação conjunta, a Polícia Civil de Santa Catarina e integrantes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco), de Minas Gerais, prenderam em Santa Catarina um homem que era foragido da Justiça mineira por feminicídio. A prisão ocorreu na terça-feira (19), em Indaial, no Vale do Itajaí.

O homem, de 41 anos, é suspeito de matar a companheira, de 36 anos. O crime ocorreu há três meses, em Uberaba, Triângulo Mineiro. Contra o investigado havia mandado de prisão preventiva.

A localização do suspeito foi possível graças a troca de informações de inteligência entre as equipes da Ficco – base Uberaba, da qual a Polícia Civil de Minas Gerais faz parte, e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, também em Uberaba, que possibilitaram levantar o paradeiro do suspeito.

A prisão envolveu policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Joinville e policiais civis da DP de Indaial, que foram ao endereço e prenderam o homem.

Feminicídio

O crime ocorreu na noite de 27 de outubro de 2020, no bairro Nossa Senhora da Abadia, em Uberaba.

A vítima foi encontrada morta em casa, com ferimentos, possivelmente, provocados com golpes de faca. Conforme apurado, na data dos fatos, a mulher e o suspeito haviam feito uso de bebidas e depois discutiram. O homem teria esfaqueado a vítima na cozinha e, em seguida, fugido do local.

(Com informações da PCMG)

viatura3

A Polícia Civil prendeu um homem condenado por estupro de vulnerável, em Riqueza, no Oeste. A condenação foi do Juízo da Comarca de São Miguel do Oeste, sendo expedido ordem de prisão pela incursão no artigo 217-A, do Código Penal.

O delito foi cometido no ano de 2016. Após diligências, a Polícia Civil identificou que o homem estaria residindo em Riqueza, sendo sua residência identificada e a ordem de prisão cumprida. O preso ficará a disposição da Justiça na Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste.