Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

Logo Fundo preto

A partir da sexta-feira (17), o delegado Laurito Akira Sato assume o cargo de delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina. O Governo do Estado anunciou a nomeação nesta quinta-feira (15). O novo delegado-geral assume o cargo que era ocupado pelo delegado Paulo Norberto Koerich desde janeiro de 2019. 

Em nota oficial, o governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés, agradeceu pelo excelente trabalho do delegado Paulo Norberto Koerich. “Sua atuação como delegado-geral, em todo esse período de governo, e como presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, no ano de 2020, contribuiu para que Santa Catarina registrasse redução histórica nos índices de criminalidade”, cita a nota.

O novo delegado-geral Akira Sato tem larga experiência na Polícia Civil. Entre outras funções, foi diretor da Academia de Polícia de Santa Catarina (Acadepol) e da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), além de delegado regional de Polícia em Joinville. No nomento, o delegado Akira desempenhava a função de coordenador da Central de Polícia da Capital. 

Na nota oficial, o governador Carlos Moisés desejou ainda sucesso ao delegado Akira. “Desejo sucesso na missão de dar continuidade ao trabalho exemplar desempenhado pela Polícia Civil de Santa Catarina”, concluiu o governador.

 

ca1d8504 a4c8 48cd a03c 930ac6f14f81

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia de Morro da Fumaça, iniciou, na manhã de hoje (16), a operação Hefesto e cumpriu nove mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária. Até agora, cinco pessoas foram presas em flagrante, sendo duas por tráfico de drogas e associação para o tráfico, uma por desacato e duas por crime contra o consumidor (ter em depósito carne imprópria para o consumo para fins comerciais) e associação criminosa.

Foram apreendidos cerca de 520 quilos de carne (em tese de equino e de bovino), drogas (maconha), cinco armas, diversas munições, cheques e dinheiro. Está sendo apurado ainda o uso indevido de caixas de um mercado.

A maior parte das buscas ocorridas hoje aconteceu no CTG Herança do Velho Pai, Bairro Frasson, em Morro da Fumaça/SC.

A operação é resultado de duas investigações iniciadas em maio de 2021, que apuram crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, furto de gado, venda de carne de equinos/mula moídos para consumo humano, posse e venda de armas, venda de produto veterinário falsificado e organização criminosa.

Participaram das buscas cerca de 60 policiais civis de Criciúma, Içara, Balneário Rincão, Forquilhinha, Orleans, Cocal do Sul, Lauro Müller, Urussanga, com apoio do Núcleo de Operação com Cães (K9/NOC) da PCSC, do Serviço Aeropolicial (SAER) da PCSC. Também deram apoio à operação a Cidasc, policiais militares e membros do IGP.

bde7b456 0479 4ac2 abfd 59a4f6b7ed10

7b87910d e034 4cc8 9776 be245cb82f83

 

180640e5 63f8 4619 a1c1 9aee837fc091

Nesta quinta-feira (16), a Polícia Civil de Santa Catarina lança a segunda versão do Framework de Projetos, estrutura elaborada de forma específica para a realidade da instituição e que visa promover o avanço na cultura de gestão de projetos, trazendo maior profissionalização na prestação do serviço público.

A estrutura conta com o mapeamento dos caminhos para as melhores maneiras de gestão dos projetos institucionais. Além de orientações, são propostos modelos de documentos e ferramentas, que podem apoiar o policial civil no desenvolvimento de suas tarefas ao longo do ciclo de vida de um projeto.

Nessa nova versão, foram extintos os grupos de processo, trazendo maior evidência à aplicabilidade das ferramentas e entregas relacionadas ao ciclo de vida do projeto. Além disso, foi incluído o ProjetaSC (portal de gestão de projetos do Governo do Estado de Santa Catarina)como instrumento para gerenciamento em tempo real do andamento dos projetos, no qual é possível acompanhar o planejamento, a execução e a conclusão das entregas.

Em termos de apresentação, as etapas estão agora disponibilizadas em um ambiente interativo, por meio da plataforma Prezi. Dessa forma, o policial poderá acessar os diferentes passos de forma independente, não sendo necessário seguir a linearidade do caminho proposto.

Além do manual orientativo atualizado e das ferramentas/modelos, foram disponibilizados também exemplos de preenchimento dos documentos e a apresentação em vídeo dos conteúdos de cada etapa.

O Framework está disponível na intranet da PCSC, vinculado à Gerência de Planejamento e Avaliação, no link relacionado à Coordenadoria de Projetos (Link aqui).

COLETE TRÁS

Na tarde desta quarta-feira  (15), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Imaruí, prendeu um homem suspeito de praticar um furto em Imaruí. 

O preso é suspeito de praticar um furto qualificado, ocorrido no bairro São Tomas (Rodeio), área rural da cidade de Imaruí. Na ocasião, o homem preso, na companhia de um comparsa, subtraiu duas roçadeiras, um aparelho de som e duas motosserras de uma residência.

O preso foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Laguna e permanece à disposição da Justiça. 

banner3

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Barra Velha, concluiu o inquérito policial que investiga um crime de latrocínio ocorrido no mês de julho em Barra Velha. Após as investigações, um homem de 34 anos de idade foi indiciado pelo crime. O suspeito encontra-se foragido da Justiça.

No dia 24 de julho deste ano, um homem de 65 anos foi encontrado em óbito em sua cama por vizinhos. A vítima foi morta por facadas e por pancadas com o cabo de uma espingarda de pressão na cabeça, tendo ficado com o rosto desfigurado.

Ficou demonstrado pelas investigações que um amigo da vítima teria desferido os golpes após uma discussão na madrugada, bem como subtraído o aparelho celular da vítima, quantia em dinheiro e seu veículo.