Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2020 06 10 at 10.25.31

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul cumpriu um mandado de prisão preventiva de um homem de 37 anos investigado pela Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de São Lourenço do Oeste. O motivo está relacionado a crimes patrimoniais no âmbito da violência doméstica. A prisão foi na tarde de sexta-feira (15).

A investigação começou após notícia criminosa feita pela vítima, uma mulher de 37 anos, na DPCAMI. Segundo ela, em maio de 2020 ela começou um relacionamento com um homem e, em julho de 2020, a mesma identificou dois saques bancários na sua conta corrente de mais de R$ 2.000,00. Através das investigações, foi possível identificar que os saques foram efetuados pelo seu então companheiro.

Segundo a vítima, o suspeito teve acesso ao seu cartão bancário e senha, e, de forma fraudulenta, utilizou-o para o cometimento dos dois saques bancários em datas distintas. Após o último saque, o suspeito deixou São Lourenço do Oeste.

Durante a investigação, as pesquisas criminais sobre o suspeito revelaram um indiscreto histórico de infrações penais praticadas por ele no contexto de violência doméstica, dentre elas, crimes similares ao que foi investigado pela DPCAMI.

A Polícia Civil de SC representou pela sua prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça e cumprida no RS. O investigado foi preso pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), da PCRS no município de Alvorada (RS).

 brasaoo

A Polícia Civil concluiu a investigação de um caso envolvendo crimes e atos infracionais correlatos múltiplos de estupro de vulnerável e de pornografia infantil, em Modelo, no Oeste do Estado. A ação é da Delegacia da Comarca de Modelo.

Conforme demonstrado durante as investigações, ao longo dos anos de 2019 e 2020, uma adolescente de 13 anos teria sido vítima dos delitos referidos praticados por homens e adolescentes. Ao menos cinco suspeitos, dois adultos e três adolescentes, foram identificados como autores das infrações penais (e atos infracionais), moradores da região Oeste (municípios de Modelo, Pinhalzinho e Maravilha).

Foi apurado que a adolescente vítima manteve relações sexuais com ao menos dois dos investigados na época em que ainda tinha 13 anos e também foi compelida a encaminhar a diversos investigados imagens pornográficas.

A Polícia Civil lembra que a posse de imagens, vídeos ou outra forma de registro de criança ou adolescente em cena pornográfica é considerado crime pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90), ao passo que a mera prática de atos libidinosos ou de conjunção carnal com pessoa menor de 14 (quatorze) anos, independentemente da existência de ameaça e violência, ou mesmo de consentimento da vítima, é considerada crime pelo Código Penal, inclusive classificado como hediondo por força da Lei nº 8.072/90.

Os investigados adultos (um deles já preso por outro crime recente na região) foram indiciados pela prática dos delitos em questão em inquérito policial, estando sujeitos a penas que variam de 8 (oito) a 15 (quinze) anos de reclusão e 1 (um) a 4 (quatro) anos de reclusão e multa, ao passo que os adolescentes foram submetidos ao procedimento de apuração dos atos infracionais respectivos.

WhatsApp Image 2021 01 18 at 15.33.09

A Divisão de Repressão a Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC) concluiu investigação de roubos ocorridos em Criciúma e Içara, no Sul do Estado. Em um dos roubos, na fuga, a dupla de autores atropelou e matou um pedestre no centro de Criciúma.

Os suspeitos, de 24 anos e 23 anos, são apontados como autores de um roubo contra um taxista no bairro Presidente Vargas em Içara, em julho passado. Logo após o crime, uma guarnição de policiais militares localizou a dupla guiando o carro subtraído no centro de Criciúma. As ordens de parada não foram obedecidas e houve perseguição. Na fuga, em alta velocidade, a dupla atropelou um pedestre, que não resistiu e morreu. Um dos autores foi capturado e preso em flagrante. O outro conseguiu fugir.

A partir daí a Polícia Civil iniciou as investigações. O autor que empreendeu fuga foi identificado e houve representação pela sua prisão preventiva, que foi deferida. Ainda foi constatado que a dupla realizou outro roubo anterior em Criciúma. Os dois foram indiciados pelos roubos e morte do pedestre. O Ministério Público ofereceu denúncia pelos crimes de roubos e homicídio doloso.

Após diligências pela Polícia Civil, o foragido optou por se apresentar de forma espontânea à DRR, sendo realizado o cumprimento do mandado. Ele foi encaminhado ao Presídio Santa Augusta e aguarda julgamento. O trabalho foi coordenado pelo Delegado de Polícia Yuri Miqueluzzi. Prestaram apoios policiais civis da DRE/DIC, DH/DIC, CPP Criciúma e DP Içara.

 WhatsApp Image 2021 01 18 at 14.01.47

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial da Operação “Falso Rinso”, que investigou falsificação de sabão em pó, em Orleans. Treze pessoas foram indiciadas por suspeita de falsificação de produto de limpeza, crimes contra as relações de consumo e contra registro de marcas. O suspeito de falsificar os produtos revendia a mercadoria.

A conclusão do inquérito foi da Delegacia de Polícia da Comarca de Orleans. Segundo o Delegado de Polícia Ulisses Gabriel, a investigação apurou que a produção semanal era de 22 caixas com 20 pacotes de um quilo cada. Com isso se deduz que ao produzir cerca de 440 quilos de material por semana teriam totalizado a produção de quase 11 toneladas de produto falsificado nos últimos meses.

A Polícia Civil solicitou à Justiça a doação do material (sabão em pó) para entidades beneficentes. Ao final da investigação, foram apreendidos 17 celulares, dois notebooks, um tablet, dois computadores, caixas com lâminas de barbear, 767 caixas de sabão em pó, caixas vazias impressas com a marca, documentos diversos, um torrão de maconha e 50 kg de sabão em pó.

 WhatsApp Image 2021 01 18 at 14.23.49

Na manhã desta segunda-feira (18), a Delegacia Geral da Polícia Civil, em Florianópolis, recebeu em audiência o prefeito de Pinhalzinho, Oeste do Estado, Mário Afonso Cena.

O prefeito foi recebido pelo Delegado Geral, Paulo Koerich. Foram tratados temas ligados à segurança pública local, além das ações desenvolvidas na região.