Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

6bee761a 8880 414f 9454 a3518def1134

Na quinta-feira (12), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia Regional de Polícia de São José, atuou em uma ação conjunta de fiscalização em estabelecimentos comerciais, com o objetivo de coibir a perturbação de sossego, após reclamações de moradores de uso de som excessivamente alto em São José, na Grande Florianópolis.

Os trabalhos foram realizados em conjunto com a Secretaria de Serviços Públicos de São José, Guarda Municipal, Fundação do Meio Ambiente e o Procon de São José.

Ao todo foram fiscalizados sete estabelecimentos. Com exceção de um que foi interditado por falta de alvará, os outros estavam com a documentação regular. Todos receberam a orientação para reduzir o volume dos equipamentos de som.

As fiscalizações ocorreram nos bairros Kobrasol, Areias, Bela Vista e Lisboa, em São José, e devem ser intensificadas, principalmente aos finais de semana, quando acontecem mais ocorrências de perturbação de sossego.

e588269d 65a4 4d65 b008 1e01b2d67279

Viatura sirene noite

A Polícia Civil esclareceu o homicídio de um venezuelano ocorrido na praça central de Capinzal, na noite de domingo (08) e cumpriu na quinta-feira (12) três mandados de prisão dos suspeitos. A investigação é da Delegacia de Polícia da Comarca.

Quatro venezuelanos são suspeitos de matar um conterrâneo na praça central. O crime ocorreu por volta das 20h, a golpes de faca, gargalo de garrafa, chutes e socos. A vítima, também venezuelana, um homem de 25 anos, foi socorrida ao Hospital Nossa Senhora das Dores e faleceu.

Foram realizadas diligências pelo Setor de Investigação da Delegacia de Polícia de Capinzal. A suspeita da autoria recaiu sobre quatro venezuelanos. Após a identificação deles, a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas. Houve a concordância do Ministério Público e as prisões foram decretadas pelo Poder Judiciário.

Um dos suspeitos está foragido e pode ter retornado para a Venezuela. Os três capturados confessaram a participação nos fatos e foram encaminhados ao presídio de Joaçaba.

A motivação para o crime apresenta duas versões: a primeira pode ser passional, em que a vítima teria discutido com um dos suspeitos por supostamente este aproximar-se da namorada da vítima. A discussão ocorreu na casa de outro suspeito, onde a vítima teria quebrado uma cadeira da casa. A outra versão é que as agressões que culminaram na morte foram em razão de a vítima ter quebrado a cadeira. Eles irão responder por homicídio qualificado em coautoria.

330b6852 2cc4 4418 964d da8b9ca4c3d5

Nesta segunda-feira (16) e terça-feira (17), a Academia da Polícia Civil (Acadepol) sediará o 1º Simpósio Estadual Sobre Segurança Viária. Autoridades e especialistas vão debater temas como fiscalização, atuação dos órgãos públicos, medidas preventivas, crimes e infrações administrativas relacionadas ao trânsito. O evento será na sede da Acadepol, em Florianópolis.

O simpósio é promovido pela Polícia Civil e o Detran. Este mês, celebra-se o "Maio amarelo" no setor de trânsito, um movimento de alerta sobre o índice de mortes no trânsito em todo o mundo.

Haverá palestras com autoridades de órgãos que atuam com a segurança viária. Poderão participar policiais civis, militares e rodoviários federais, agentes públicos do Detran e do município de Florianópolis.

Para a Polícia Civil, a iniciativa é de fundamental importância na discussão da segurança viária, não apenas em torno da repressão aos condutores infratores, mas também na prevenção de acidentes, e propostas como essa asseguram ao cidadão o direito fundamental à mobilidade urbana eficiente.

Programação das palestras do 1º Simpósio Estadual de Segurança Viária:

Dia 16 de maio (segunda-feira)

8h: solenidade de abertura com presença de autoridades

8h30: Paradigma da Fiscalização de Trânsito perante o PNATRAN com palestrante, Coronel da Polícia Militar Ricardo Alves.

9h30: coffee break

10h às 12h: Estatísticas de acidentes de trânsito, esclarecimentos a respeito do PNATRANS, políticas públicas para atingimento das metas propostas e calendário de campanhas educativas de 2022 com os palestrantes do Detran/SC, Thael Rosa, Sterlei Mirian Senger e Atanir Antunes

13h30 às 15h30: Crimes de trânsito em espécie e penalidades com os Delegados da Polícia Civil, David Queiroz e Marcelo R. Colaço

16h às 18h: Escola Pública de Trânsito de Blumenau, um case de sucesso na educação para o trânsito, com José Luiz Piñeiro da Guarda Municipal de Blumenau e Marco A. Rebello, educador de trânsito. Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação para o Trânsito do LabTrans/UFSC com Jorge L. S. Hermenegildo da UFSC.

Dia 17 de maio (terça-feira)

8h às 9h30: Rede Vida no Trânsito (RVT) de Florianópolis e Alcoolemia e acidentes de trânsito: causas e consequências com Patrícia Vieira Marques, secretária executiva da RVT e Thais Marques da Silva da Guarda Municipal de Florianópolis.

9h30: coffee break

10h às 12h: Práticas de Intervenções em Segurança Viária utilizadas pela PRF nas Rodovias Federais, com o Policial Rodoviário Federal Jeferson John de Souza Lima. Os serviços administrativos de trânsito nas Ciretrans, com a Delegada da Polícia Civil Michelle A. C. Rebelo.

13h30 às 15h30: Gerenciamento de Conflitos no Trânsito com Julyver Modesto de Araújo, Major da Polícia Militar de São Paulo e representante do DETRAN/SP.

16h às 18h: Aspectos relacionados à fiscalização de trânsito no âmbito com Major da Polícia Militar Davi A. S. dos S. Lima.

e63589c6 434e 4641 bb5a 9b5bef8964e0

c447d3ca 27db 40f3 9a6f 5d4c0d6834ab

Esta semana, durante três dias, a Polícia Civil realizou a operação “Difron Segura Echo” no Oeste de Santa Catarina. A ação inspecionou veículos oriundos da região de fronteira com o Paraguai e a Argentina.

Nas inspeções foram apreendidos mais de 25 quilos de maconha em um ônibus na rodoviária de Chapecó, que resultaram em prisão em flagrante pela conduta de tráfico de drogas. Já nos apoios prestados às delegacias e especializadas, foram apreendidos uma arma de fogo e 300 gramas de cocaína e maconha, resultando na prisão de 4 pessoas.

A operação é da Diretoria de Polícia da Fronteira (DIFRON/PCSC), Coordenadoria de Operações Policiais com Cães (COPC/PCSC), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC) e Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAERFRON/PCSC).

Também houve apoio às Delegacias e Especializadas da região da DIFRON/PCSC. As inspeções ocorreram em Chapecó, Pinhalzinho, Campo Erê, São Lourenço do Oeste, Quilombo, Xanxerê e Abelardo Luz. Em apoio às Delegacias e Especializadas, foram realizadas operações em Faxinal dos Guedes, Ponte Serrada, São Carlos, Concórdia e Itá.

4c827077 4f75 43d4 be1b de7581cddbf3

Policiais civis da Delegacia de Polícia da Comarca de Xanxerê, no Oeste, deflagraram uma operação na manhã desta sexta-feira (13) com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão na casa de suspeitos de efetuar disparos de arma de fogo, em Xanxerê. A ação contou com o apoio da Polícia Militar.

Durante as buscas foram aprendidos drogas, balança de precisão e dinheiro. Uma pessoa foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

A ação contou com o apoio de policiais civis das Delegacias da Comarca de Xaxim, Ponte Serrada, Abelardo Luz, Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Xanxerê, Núcleo de operações de com Cães (NOC/PCSC) da Delegacia Regional de Xanxerê, SAERFRON/PCSC de Chapecó, Delegacias de Polícia dos Municípios de Bom Jesus, Vargeão, Passos Maia e Faxinal dos Guedes. Houve também o apoio de guarnições da Polícia Militar. Participaram 23 policiais civis e 12 policiais militares, além de 10 viaturas policiais.

f677584a d42f 4d66 b81f ec933ccdc808

de5c8236 7d95 4b9c b76d 95a035d1d6f0