Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

a1874c98 2261 4131 9d8b 759d4b3e476b

No próximo dia 19 deste mês, a Academia da Polícia Civil de Santa Catarina (Acadepol/PCSC) e o município de Balneário Camboriú, por meio da BC Trânsito, promoverão o 4º Fórum Municipal de Segurança no Trânsito.

A iniciativa contará com palestras de autoridades em segurança viária e ocorrerá de forma presencial no auditório do bloco 1 da UniAvan, em Balneário Camboriú, com transmissão ao vivo pelo You Tube da Acadepol.

Podem participar agentes públicos e estudantes.

Inscrições pelo link:

https://forms.gle/BNR9NtgkV5MBW9fa7https://forms.gle/BNR9NtgkV5MBW9fa7

viaturas 1

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) efetuou a prisão de cinco pessoas pelo crime de extorsão mediante sequestro, em Lages. Houve o apoio do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC) de Lages. A ação ocorreu na tarde de terça-feira (10).

A Polícia Civil do Estado do Mato Grosso solicitou apoio para que a DIC/PCSC de Lages verificasse uma situação de possível extorsão mediante sequestro, no qual a vítima estaria em Lages. Os policiais informaram que a vítima é usuário de drogas e, em razão de uma dívida, estaria sendo mantida em cárcere privado, enquanto era exigido de sua família, naquele Estado, valores por meio de transferências bancárias como condição para que seu parente fosse libertado.

Após receber as informações, policiais civis da DIC/PCSC Lages efetuaram diligências para confirmar a prática do crime. O local do cativeiro foi localizado no bairro Morro do Posto. Foi montada uma operação para que os policiais pudessem chegar no cativeiro sem serem vistos e não colocar a vítima em risco.

As equipes conseguiram cercar a residência e localizaram a vítima, que estava assustada e sob a vigilância dos ocupantes do imóvel. Todos foram abordados e, após esclarecidos os fatos, a vítima foi retirada do local. Não houve resistência por parte dos envolvidos.

Todos foram levados para a DIC/PCSC de Lages para a apuração dos fatos e prestar depoimento. Foram presos três homens e duas mulheres. Depois de interrogados, os conduzidos foram autuados em flagrante pelo crime de extorsão mediante sequestro qualificado e encaminhados ao sistema penitenciário. As investigações prosseguem para apurar todos os fatos e identificar outros envolvidos.

WhatsApp Image 2022 05 10 at 14.27.00

A Polícia Civil de Santa Catarina participou da 2ª Reunião Ordinária do Comitê Nacional dos Chefes de Inteligência da Polícia Civil (CIPC), em São Paulo. A reunião contou com a participação dos chefes de Inteligência e representantes das Polícias Civis dos 27 Estados da Federação e foi realizada entre 4 a 6 de maio.

A Instituição foi representada pelo gerente de Inteligência da Polícia Civil de SC, delegado de polícia Raphael Souza Werling de Oliveira. Foram debatidos assuntos como a atividade e a estrutura de Inteligência das Polícias Civis, o enfrentamento ao crime organizado, à lavagem de dinheiro e aos crimes cibernéticos, além da modernização tecnológica das Polícias Judiciárias.

“O fortalecimento da atividade de inteligência, considerando as suas características mais marcantes de produção de conhecimento e de assessoramento, fortalece as suas respectivas Instituições. As Polícias Civis de todo o Brasil estão unidas na busca de uma repressão mais qualificada ao crime, e isso passa, notadamente, pelo incremento da atividade de Inteligência”, ressalta o gerente de Inteligência da Polícia Civil de SC.

WhatsApp Image 2022 05 10 at 14.27.28

 WhatsApp Image 2022 05 12 at 11.22.29

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro (DLAV) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), deflagrou nesta quinta feira (12) a operação policial "Deu Zebra", com a finalidade de coibir o crime de lavagem de dinheiro e de bloquear patrimônio de grupo criminoso dedicado à exploração de jogos de azar na Grande Florianópolis.

A ação conta com o apoio das demais unidades especializadas da DEIC/PCSC.

Foram cumpridos 09 mandados de busca e apreensão, além do sequestro e indisponibilidade de 18 imóveis e 19 veículos automotores, que totalizam aproximadamente R$ 20.000.000,00.

A investigação apontou que integrantes de um grupo criminoso responsável pela exploração das bancas de jogos de azar, há décadas, ostentavam histórico policial relacionado ao jogo do bicho, cuja atividade é extremamente lucrativa, investiam os recursos provenientes da atividade delituosa na aquisição de bens de luxo em nome de “laranjas ou testas de ferro” e movimentam grande quantidade de valores proveniente de suas atividades ilícitas.

As medidas judiciais que foram deferidas visam sufocar financeiramente a atividade delituosa, com a apreensão e indisponibilidade de ativos que foram identificados a partir da análise de dados coletados, pesquisas em diversas bases, além de documentos e demais materiais apreendidos em central de jogo identificada pela Polícia Civil.

Durante as buscas os policiais localizaram dispositivos eletrônicos para mineração de criptoativos, possivelmente adquiridos com valores arrecadados da prática delitiva.

Nesta primeira fase foram apreendidos veículos, imóveis foram indisponibilizados e ativos financeiros bloqueados.

A investigação começou no ano de 2021 a partir da apreensão de quantidade significativa de valores em espécie que estava na posse do líder do grupo em uma central localizada no bairro Capoeiras, em Florianópolis.

Inicialmente foram contabilizados aproximadamente R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais) em bens sequestrados, pois algumas medidas ainda estão em andamento.

deuzebra

WhatsApp Image 2022 05 12 at 07.39.07 3

WhatsApp Image 2022 05 12 at 07.39.07 4

WhatsApp Image 2022 05 12 at 07.43.05

cce8889c b42e 4d78 9a06 6d0ada2ad392

9048fe2c c801 49dd 8b24 c326c9c0e5c8

faeb853c 7765 4358 b971 34dfe747aca2

WhatsApp Image 2022 05 11 at 17.56.07

Nesta quarta-feira (11), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAER/PCSC), participou de uma ação conjunta de fiscalização que resultou na apreensão de aproximadamente 550 caixas de cigarros contrabandeados e na prisão em flagrante do condutor do veículo no qual a carga foi encontrada, em Chapecó.

As ações foram realizadas em vários pontos do Oeste com a Polícia Rodoviária Federal. O veículo suspeito foi abordado por volta das 12h30min, na BR-480, rodovia que dá acesso a Chapecó.

Durante a revista ao veículo, foi constatado que o motorista transportava grande quantidade de cigarros contrabandeados, possivelmente com origem do Paraguai. O condutor do caminhão foi preso pelo crime de contrabando. Constatou-se também que o veículo utilizava placas de outra carreta. O homem preso foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal em Chapecó.

WhatsApp Image 2022 05 11 at 17.56.08