Polícia Civil de Santa Catarina

Em Lages, Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em empresa de segurança suspeita por envolvimento em roubo

banner da policia civil de lado

Na terça-feira (24), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de investigação Criminal de Lages, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão em face de uma empresa de segurança e monitoramento e de seu proprietário, suspeito de envolvimento em um roubo ocorrido em uma residência em Lages.

O roubo foi realizado no início deste ano por uma associação criminosa que o efetuou utilizando armas de fogo e agredindo os moradores. Iniciadas as investigações, os policiais saíram em busca de imagens de câmeras de monitoramento para tentar identificar os autores.

A residência alvo dos criminosos era monitorada por câmeras de uma empresa de segurança, que possuía equipamentos, inclusive no quarto de uma vítima idosa, e que deveria ter captado toda a ação. No entanto, depois dos policiais requisitarem as imagens e os próprios moradores solicitarem acesso aos vídeos, foram disponibilizados apenas fragmentos da gravação da ação aos moradores. 

Para a polícia, o responsável pela empresa alegou que não havia imagens, pois as mesmas teriam sido sobrepostas por outras gravações. Depois de analisar os fragmentos de vídeos, os policiais perceberam que os equipamentos deveriam ter realizado gravações com tempo bem maior do que os disponibilizados e passaram a desconfiar do envolvimento da empresa nos fatos.

Foi representado pela expedição de mandados de busca e apreensão na residência do responsável e na empresa. Cumpridos os mandados, foram apreendidos os computadores, aparelhos celulares, armas de fogo e munições.

O proprietário foi conduzido, preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munição. Um funcionário foi autuado em termo circunstanciado de ocorrência por favorecimento pessoal, já que, durante as buscas, tentou atrapalhar os trabalhos policiais.

O material apreendido será encaminhado para a Polícia Científica para ser periciado. As investigações prosseguem para apurar os fatos e identificar os autores do roubo.

Compartilhe nas mídias sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Skip to content